2008/04/01

Portabilidade... ou talvez não

Uma das coisas que cedo me fascinou na leitura de blogs, foi a possibilidade de descobrir soluções engenhosas para problemas que tinha (e para outros que ainda não tinha colocado, antecipando-os).

Como estou deslocado do meu local habitual de trabalho e com acesso à net dependente de uma deslocação até ao único local (walking distance) com acesso wi-fi, por aqui (um dromedário com wi-fi), após visita ao correio (Yaiks!), uma breve consulta às minhas feeds para ver os últimos artigos publicados na minha área e blogs interessantes (prt.sc, claro ;) , eis que encontro a engenhosa ideia divulgada pelo Nuno Saraiva (O mundo numa pen / My Geek Army Knife). Após ter adicionado aos meus del.icio.us como ferramenta útil, dou comigo a pensar que ainda não é desta!

Pois é, um dos primeiros problemas que tive quando pela primeira vez precisei de utilizar um computador por estas bandas, foi, nem mais nem menos, encontrar as portas USB fechadas (as in, not there!). Segundo me foram informando, as portas USB são bloqueadas para impedir, a instalação de Software.

E para os que pensam que isto é uma bizarrice de quem se encontra no local da mítica Escola de Sagres, posso dizer-vos que as práticas de fechar as portas de USB se encontram a vigorar em grandes organizações. Uma das organizações com essas práticas é o Millennium BCP.

Ou seja, quando finalmente pensamos que foi desta que resolvemos um problema (muito real) de portabilidade, neste caso do «ambiente do nosso computador», logo começamos a pensar que é apenas mais uma backup (incomplete) solution.

De qualquer forma, vou ser uma das que também vai personalizar (thanks, anónimo!) a sua própria army knife (let alone de geek ;)

2 comments:

  1. Anonymous1/4/08 21:57

    personalizar e não "cusmomizar"

    ReplyDelete
  2. Anonymous1/4/08 21:58

    ooops.... "customizar"

    ReplyDelete