2006/12/30

2006 do lado de cá do monitor

Todos os que por aqui andam já sabem que este ano foi dedicado a quem marcou presença na web deixando os seus contributos - You:
"The new Web is a very different thing. It's a tool for bringing together the small contributions of millions of people and making them matter. Silicon Valley consultants call it Web 2.0, as if it were a new version of some old software. But it's really a revolution."

Do lado de cá do B2OB, alguns momentos que marcaram este ano como um ano de viragem, apesar de todas as incertezas:

  • o blog levou-me até Santiago de Compostela em Abril, e, juntamente com uma nova colega e amiga, levou-me também a apresentar 2 comunicação sobre blogs, uma em Setembro e outra em Outubro;
  • Mais do que a satisfação de ter realizado internamente, o workshop de weblogs para equipas de projecto, foi a recompensa de este ter sido percepcionado como útil na casa em que trabalho... Aprendi que para inovar é preciso ser persistente e trangredir;
  • Ter passado a contar com um servidor para carregar os meus próprios ficheiros, sem custos e sem estar dependente da aprovação dos detentores desse espaço;
  • O contentamento de receber de alguém que não conhecia pessoalmente (apenas através do blog), uma conta de «pro» no flickr que me permite até Março de 2007 carregar imagens sem restrições;
  • Ter reencontrado a Lilia e o Martin em Lisboa e poder ficar a conversar durante um jantar ao ar livre, num fim de dia tardio de Verão, porque 3 pessoas puseram de pé a SHiFT e os trouxeram até cá;
  • A surpresa de ter recebido por correio um livro enviado pelo Fernando Tricas;
  • A extinção do INETI e com ela a incerteza criada em tantos que aqui trabalham sem que se saiba, decorridos mais de 2 meses, que planos poderão muitos colegas fazer para o ano de 2007 e seguintes;
  • O sonho tornado realidade com a aprovação da candidatura à da bolsa FCT que tinha feito em Março e a aceitação da proposta de doutoramento no Departamento de Sistemas de Informação, da Universidade do Minho.

A todos os que por aqui passarem, votos de que encontrem no ano de 2007 a oportunidade de realizarem os vossos sonhos e de continuarem a partilhar aquilo em que acreditam!

2006/12/28

blogs: consumir e contribuir

[esta tinha ficado esquecida em modo draft, desde Março deste ano, mas ainda vem muito a tempo ;-)] The Next Wave in Productivity Tools: Web Office, by Rod Boothby (2006):
"People now believe that instead of just surfing the web, users should contribute as much content as they consume. The results are blogs and Wikis. This is fundamentally different from simply using a web-based application to sell something, find a job or find a mate. The difference is that blogs and Wikis support the distribution of ideas and innovations."

de Mobilidade para Incomodabilidade

Mobilidade Pode Ser um Inferno « Yguaratã C. Cavalcanti:
"O fato de você poder ser contactado ou contactar alguém em qualquer lugar a qualquer instante não deveria ter o nome de Mobilidade, e sim de “Incomodabilidade”."

mobilidade digital

Já muitas pessoas tinham telemóvel, quando recebi o meu primeiro Nokia (1997, estava na altura em Macau). Lembro-me de me sentir intimidada quando o telefone tocava em público e procurava um espaço onde recriava alguma privacidade para a conversa. Era preto, com tampa deslizante e ainda tinha antena saída (não me lembro do modelo).

Quando cheguei a Portugal, em 1999, escolhi o operador Optimus e com ele veio mais um Nokia (só me lembro que era amarelo e preto). Com o acumular de pontos (por volume de carregamentos), e uma vez que a bateria já estava a dar problemas, troquei de telefone. Outro Nokia, desta vez um 3330, cinzento.

Em 2003, por ocasião do meu aniversário, recebi o primeiro telefone que marcava a diferença dos anteriores: um Nokia 3660 (cinzento metalizado, com distribuição de teclas circular). Por graça, uma vez que as tarifas telefónicas de dados são proibitivas, consultava algumas páginas (google e pouco mais) e acedia ao email (gmail).

Agora, com uma surpresa muito especial que me apareceu no sapatinho, posso finalmente tirar partido de um telefone multimedia, com câmara de 3 megapixel incorporada, acesso à rede por operador ou, motivo do meu grande contentamento (calculo que para infelicidade do meu operador ;), através de redes wi-fi e sem grandes complicações ao nível da configuração de acesso. Esta funcionalidade permite, não só aceder a páginas web como também carregar conteúdos (blogs, mails, fotos, etc) sem custos adicionais :-D

Com este telefone vou dar descanso ao meu MuVo, passo a ter os contactos e o email sincronizado com PC e com o Notebook, posso visualizar e transferir ficheiros (Microsoft Word, PowerPoint, Excel) e tirar partido do ShoZu para fazer uploads no blog e flickr (entre muitas outras coisas).

Apesar de este telefone vir com 2 câmaras incorporadas (uma para fotos, com maior resolução, e outra para chamadas video), não substitui a minha Nikon coolpix P1 que continuará a ter o seu lugar no meu quotidiano. O telefone em questão? Um Nokia N80 :-D

Nokia N80

PS [25/Fev/2007] - Ver entrada do Armando sobre Dispositivos digitais portáteis

ambientes colaborativos de trabalho e vida digital

Dois relatórios que ainda não tinha aqui colocado (o primeiro sobre novos ambientes e práticas de trabalho colaborativos, da União Europeia, e o segundo sobre vida digital, da ITU):
  • Collaboration@Work: The 2006 report on new working environments and pratices (2006) from EU, com descrição de projectos a decorrer nesta área, onde se incluem 8 projectos com participações de empresas e/ou instituições de investigação Portuguesas (ver também Glossário com termos sobre ambientes colaborativos elaborado pelo mesmo grupo de trabalho):
    "This year again, the report on new working environments and practices illustrates developments towards new information and communication technology supported working environments and processes. It gives a view on collaboration in the working environment, in Europe and in the world."
  • Digital Life (2006) from ITU (Portugal aparece mencionado nas páginas 9, 30, 77 e 80):
    "The report includes chapters on enabling digital technologies and lifestyles, digital business, digital identity, as well as comprehensive statistical tables covering over 200 economies [não incluídas no relatório em acesso livre]."

2006/12/20

Aquela altura do ano

That time of the year
That time of the year, originally uploaded by monicaA.

... em que vestimos a casa de aconchego. Pretexto que a quadra nos dá, para por de lado o quotidiano das nossas vidas, para saborear conversas e beber sonhos com a família, renovar os votos de amizade e deixar as portas abertas para novos laços, novos conhecimentos.

Boas Festas!

2006/12/18

Utilizar Software Social em contexto Organizacional

Conferência em Londres, dias 22 e 23 de Fevereiro de 2007, «SOCIAL TOOLS FOR BUSINESS USE: Web2.0 and the new participatory culture»
"The adoption of social software / Web 2.0 ideas by large organisations has begun, and it is going to be a game changing development. Many are leveraging the benefits of social software to address immediate business issues, rather than just for the novelty factor."
Vão ser apresentados casos conhecidos (como a IBM e a BBC) e outros casos menos conhecidos mas por pessoas que já vão sendo caras familiares associadas ao Software Social e à Web2.0 (como Euan Semple e Suw Charman, que estiveram cá por ocasião da Conferência SHiFT):
Opening keynote: What will "businesslike" mean when business isn't like business anymore? Euan Semple, Euan Semple.com

Enterprise 2.0 - towards a social infrastructure for collaboration and collective intelligence. Lee Bryant, Headshift

Practical uses of Web 2.0 Technologies in a Business Environment. Phil Bradley, Internet Consultant

We're All Virtual Now - news, culture, politics and community in the networked world,
Darren Waters, Technology Editor, BBC News Interactive

Case study: An Inside View On How IBM Uses Social Networking to manage its own precious knowledge. Ian McNairn, Web Innovation & Technology Program Director for Global e-business Transformation in IBM SWG

Web 2.0 and Virtual Worlds. Roo Reynolds, Metaverse Evangelist, IBM UK

Fostering Adoption: A strategy for encouraging use of social software in business. Suw Charman, Independent Social Software Consultant

Case Study: Social software in a Hard World: the reality of using blogs and wikis in a global professional services business. Ruth Ward, Head of Knowledge Systems and Development, Allen & Overy LLP

How the Guardian is Moving Community from the Edge to the Centre of its Strategy. Kevin Anderson, Blogs Editor, Guardian Unlimited

Blogging & Other Social Media - How the Technology is changing business & law. Justin Patten, Principal, Human Law

Combining Wikis and the Semantic Web: moving towards Web3.0. John Davies, Manager, Next Generation Web Research, BT
Programa mais detalhado na página do evento.

E para quem já não se lembra (ou ainda não tinha dado por ele), Suw Charman descreveu com bastante detalhe a implementação de blogs num Grupo Farmacêutico Europeu (ver Dark Blogs Case Study 01 - A European Pharmaceutical Group):
"This case study examines how a European pharmaceutical group used Traction Software's TeamPage (www.tractionsoftware.com) enterprise weblog software to create a competitive intelligence (CI) knowledge base to replace previous platforms such as Lotus Notes databases and static websites."

2006/12/17

outro lado da sociedade em rede - conflito e guerra

Sexta e Sábado estive no Seminário sobre «Sociedade em Rede: Competição e Conflito no Domínio da Informação», desenvolvido por Paulo Viegas Nunes, na Universidade do Minho e por isso não me consegui desdobrar para ir ouvir o impacto dos primeiros 4 anos da CC.

O facto de ter estado a ouvir um outro lado da sociedade em rede, onde as questões centrais se centraram no conflito e na guerra da informação para os estados, obrigou-me a pensar no outro lado dos blogs (e de outro tipo de ferramentas sociais) ao alcance de cada vez mais pessoas, e no facto de permitirem a manipulação de dados (por exemplo para propaganda) mas também como estas mesmas ferramentas tornam difícil a eliminação física (através de ataques) do fluxo global de informação, dada a pulverização existente (de plataformas, suportes, interfaces, etc) tão caracteristica da diversidade que caracteriza a sociedade em rede.

O que para quem estuda o blogoespaço se torna uma dor de cabeça (pela dificuldade de delimitar as fronteiras de estudo e de adequar as metodologias de estudo) acaba por se tornar um ponto forte no caso de tentativas de impedir a disseminação de informação.

2006/12/14

Se algo pode correr bem, corre!

Upgrading to beta.blogger - template changes

Valeu a pena o tempo de espera!

Apesar de o beta.blogger já estar disponível desde finais de Agosto deste ano, tive que esperar até que me fosse fornecida a possibilidade de migrar os antigos blogs (blogger.com) para a nova plataforma. Essa autorização já chegou e fiz a migração... ou por outra, praticamente fizeram eles. Eu só carreguei no botão para autorizar :-D

Todos os blogs que estavam associados à minha conta anterior, onde se inclui este, transitaram em questão de minutos. Até agora, a única falha detectada (pelo Ricardo) e já corrigida, foi nos caracteres portugueses localizados em pé de página.

Não sei se alguém notou mais alguma coisa, mas pelo meu lado fiquei surpreendida pois não tinha ideia de estas coisas correrem tão bem. Parece que desta vez as Leis de Murphy não se aplicaram.

2006/12/12

CC, Sociedade do Conhecimento e Lawrence Lessig

Creative Commons (CC) na Sociedade do Conhecimento: O Impacto dos Primeiros 4 Anos, dia 15 de Dezembro, das 9h15 às 13h15, na Universidade Católica Portuguesa (Palma de Cima):
O "seminário terá como keynote-speaker o Professor Lawrence Lessig, Professor Catedrático da Universidade de Stanford, fundador das Creative Commons, autor de diversas obras pioneiras sobre o impacto das tecnologias na sociedade e os novos desafios para o direito, incluindo The Future of Ideas, Code and Other Laws of Cyberspace, Free Culture, entre outras. O Prof. Lessig é considerado um dos mais influentes pensadores sobre os desafios das tecnologias, para além de ser um dos mais prestigiados advogados americanos."
Claro que também podem ir directamente ao blog de Lawrence Lessig onde encontram os livros publicados em regime de acesso livre. O último livro acabadinho de publicar é o Code v2 :-)

PS [17/Dez/2006] - O Hugo esteve por lá e tem um excelente apanhado do que por lá se passou.

2006/12/10

Snap: pre-visualizar site antes de seguir link

O Snap permite a pré-visualização de uma página antes de carregar num link (inclui também pré-visualização de links para pdf :-). Para verem como funciona, basta colocarem o rato em cima de um link do B2OB (ou qualquer outro site que o tenha instalado) e podem ver a imagem prévia do local para onde vão. Para quem estiver a ler esta entrada por agregador, junto imagem com um exemplo:

Le Web 3, em Paris

Começa amanhã e ainda não foi este ano que consegui participar no Le Web 3, Paris :-( Talvez em 2007... e coloco lá mais um país: Portugal!

Le Web 3


Recommandé par des Influenceurs.

2006/12/09

individual vs organizacional blogging dimensions study

Estou com a sensação que este estudo da Lilia Efimova estará a passar despercebido, pelo menos no que diz respeito ao espaço português e para todos aqueles que se questionam sobre as utilizações de blogs no contexto organizacional.
Ela tem estado a recolher as opiniões de bloggers e explica o que se pede em cada uma das dimensões Personal vs. business dimensions of employee blogging:
"One of the things I'm trying to do is to figure out how to talk about work-related blogging given that this is something in between personal and business interests. A weblog by someone who works for a company (=talking about employee blogging here) could be anything between my personal diary that doesn't have to do anything with my work and it's not really me blogging, but my work."
(...)
"In case you want to try it for your own weblog: use empty image or .xls file. Don't forget to link back or let me know in some other way :)"
Aqueles que têm seguido este blog ao longo dos anos, estarão a par das motivações para a criação do b2ob. O próprio nome do blog teve origem no seu enfoque temático: Barreiras e Oportunidades Organizacionais ao Blogging (B 2 x O B, simplificando, B2OB), tal como se encontra reflectido nas minhas respostas:

personal vs business - b2ob

A introdução dos blogs no contexto organizacional em que me insiro, tem sido um processo demasiado longo. A primeira acção de formação, em contexto organizacional formal, teve lugar este ano, seguida de sessões práticas de criação de blogs (do individual para o grupo). Réplicas dessa acção de formação já começaram a ter lugar através da inclusão de materiais e referências, que foram disponibilizadas na acção inicial, noutras acções de formação internas. O feedback anónimo que recolhi dos participantes, no final da sessão, confirmou alguns dos meus receios: o ponto de viragem para a utilização dos blogs no contexto organizacional terá que ser impulsionado/incentivado/mostrado através da prática e existência de blogs de quadros de topo na organização, sobretudo no que toca a organizações onde a partilha não é norma, onde o medo impera e onde a cultura organizacional existente é inibidora da livre iniciativa.

CAPSI2006 - 7ª Conferência da Associação Portuguesa de Sistemas de Informação

7ª Conferência da Associação Portuguesa de Sistemas de Informação, CAPSI2006. Aveiro, 17, 18 e 19 de Janeiro de 2007, Universidade de Aveiro:


"(...) pretende-se continuar a aprofundar a reflexão sobre o contributo fundamental dos Sistemas de Informação para o futuro desenvolvimento das organizações nacionais na emergente Sociedade da Informação e do Conhecimento, tendo em conta os resultados da investigação científica aplicada e do desenvolvimento tecnológico, o papel dinamizador da empresas e dos organismos públicos portugueses e das suas necessidades e requisitos e identificar as necessidades de formação especializada de recursos humanos preparados para responder aos desafios que se irão colocar."

Para quem enviou artigos, os resultados sobre a aceitação serão comunicados até hoje (segundo informação na página do evento)

2006/12/04

Open Source Spying com Blogs e Wikis

Open-Source Spying, The New York Times, by Clive Thompson, [via PedroF]:

"Moving quickly, in fact, is crucial to building up the sort of critical mass necessary to make blogs and wikis succeed. Back in 2003, a Department of Defense agency decided to train its analysts in the use of blog software, in hopes that they would begin posting about their work, read one another’s blogs and engage in productive conversations.
(...)
"A spy blogosphere, even carefully secured against intruders, might be fundamentally incompatible with the goal of keeping secrets. And the converse is also true: blogs and wikis are unlikely to thrive in an environment where people are guarded about sharing information. Social software doesn’t work if people aren’t social."
(...)
"The premise of spy-blogging is that a million connected amateurs will always be smarter than a few experts collected in an elite star chamber;"

Construir, administrar e recolher dados online (2)

Outro produto disponível que tiveram a amabilidade de deixar ficar nos comentários da entrada anterior (Construir, administrar e recolher dados online), com a vantagem de ser um produto made in Portugal e que oferece interface linguístico em Português e Inglês. Chama-se QuestionForm, está ainda em beta e pertence à ForWeb Software, "uma pequena empresa desenvolvimento de software, criada por André Gonçalves em 2006", sediada na Madeira.

2006/12/03

Construir, administrar e recolher dados online

Para diversos fins: conceber, administrar e recolher questionários, inscrições em seminários e workshops, convites, contactos, colecções, etc, fica a referência ao Wufoo - HTML Form Builder:
"Wufoo is an Internet application that helps anybody build amazing online forms. When you design a form with Wufoo, it automatically builds the database, backend and scripts needed to make collecting and understanding your data easy, fast and fun. Because we host everything, all you need is a browser, an Internet connection and a few minutes to build a form and start using it right away."

2006/12/01

blogs e o esbatimento das fronteiras individuais e organizacionais

André, Mónica & Cardoso, Margarida (2006). Blog SWOT Organizacional [pdf artigo]. PRISMA - Revista de Ciências da Informação e da Comunicação [ISSN 1646-3153], nº3, pp. 448-469:
"A mudança está a ocorrer fora do contexto organizacional onde os indivíduos se apercebem do valor dos weblogs para estabelecer as redes que lhes permitem dar visibilidade ao seu trabalho e às suas competências, ao mesmo tempo que descobrem novas formas de criar valor. O desfazamento entre o uso individual e o uso organizacional, deixa transparecer o surgimento de uma nova forma de estar no mercado e de alimentar relações entre parceiros, associada ao valor digital mais do que ao valor convencional, esbatendo as linhas de fronteira entre a esfera individual e a a esfera organizacional." (pp.462-463)
tags: ;

intranet como espelho da organização

Cada um de nós poderá relacionar de que forma a intranet da organização em que trabalhamos reflecte a própria organização. Ideias em Column Two: Intranet as a mirror to the organisation:
"The result is that every organisation has a unique environment, which strongly influences the direction and role of the intranet."

(...)

"In this way, we can potentially use the intranet to identify that the organisation is highly siloed, or that communication is ineffective. While this has not be widely explored, there is the clear potential to use the state of the intranet as a 'barometer' for the organisation itself."