2005/10/16

II Encontro de Weblogs (1)

De olho na Blogosfera”, estudo comparativo apresentado (2003-2005), elaborado por Manuel Pinto (Jornalismo e Comunicação) e Leonel Vicente (Memória Virtual), com base nos inquéritos recolhidos no 1º e 2º encontros, marcou o início das conclusões deste dois dias, que decorreram na UBI, organizados pelo LABCOM (Laboratório de Comunicação). Principais conclusões:

"- parece haver agora um maior equilíbrio entre bloggers homens e bloggers mulheres
- o nível de instrução dos bloggers é claramente superior à da população (forte presença de licenciados, mestrados e doutorados)
- Em 2003, apenas 36,5% tinham contacto com a blogosfera há dois ou mais anos; essa percentagem sobre agora,e compreensivelmente, para 86%.
- A maioria (dos respondentes) actualiza os seus blogues uma ou mais vezes por dia.
- Relativamente à mediasfera, a blogosfera assume-se mais como complemento do que como alternativa."

Parece-me, pelo menos num dos pontos, que a análise feita à blogoesfera, acaba por se revelar um espelho da sociedade Portuguesa: apesar de existirem quase tantas mulheres como homens a manterem blogs, è aos homens que cabe, maioritariamente, o protagonismo.

Vou ter que reavaliar esta minha observação depois de ler os resultados do encontro «Falar de blogues no feminino», organizado por José Carlos Abrantes e que decorreu na Livraria Almedina, na véspera do II Encontro Weblogs, onde foram convidadas Carla Quevedo, Isabel Matos Ferreira, Isabel Ventura e Patrícia Antoniete. Para juntar à reflexão, 6 escritos na areia por vieira do mar (1, 2, 3, 4, 5, 6), do blog controversa maresia.

Leonel Vicente (da Memória Virtual) apresentou a sua visão "Da pré-história ao futuro – O pulsar dos diários virtuais em Portugal". Tal como tive oportunidade de dizer durante o encontro, apenas foram apresentados os blogs mais mediáticos, podendo dar a sensação, a quem tenha entrado nesta esfera à pouco tempo, que só têm interesse os blogs com impacto, quer nos media tradicionais, quer aqueles que alcançam um grande número de visitantes.

Penso que a análise que ali foi apresentada, apesar de muito bem documentada e elaborada, teria ganho com o olhar de diversas pessoas com interesses diversificados.

Um rápido apanhado com algumas conclusões das sessões de trabalho do II Encontro de Weblogs, já se encontram disponíveis desde ontem.


Tags:

4 comments:

  1. Olá Mónica,

    Só para dar nota que, a propósito de um evento "organizacional" (um fim-de-semana desportivo e de convívio, reunindo participantes provenientes de escritórios de vários países, da companhia em que trabalho - MAZARS), criei, já em 2004, o blogue das "MAZARIADES" (a propósito do evento de 2004, organizado por mim e mais 2 colegas em Portugal; tendo o encontro deste ano decorrido em Berlim) - uma forma de "comunicação organizacional"...)

    http://mazariades2004.blogspot.com

    Leonel Vicente

    ReplyDelete
  2. Olá Leonel,

    Obrigada pela referência ao MAZARIADES. Constitui um bom exemplo onde a utilização do blog para a comunicação organizacional.

    Gostava no entatnto de saber, se ela foi concebida dentro da estratégia organizacional, ou se correspondeu a uma iniciativa tua, sabendo do potencial, facilida e adequação de um blog, para a divulgação do evento?...

    Ver se ainda hoje (no final do dia) consigo colocar uma breve reflexão, onde mostrarei porque é que esta pergunta é importante :-)

    Obrigada,
    Mónica

    ReplyDelete
  3. Pois, acho que foi mais uma forma de dar corpo ao "bichinho" de blogar.

    Foi uma iniciativa individual minha, que teve uma adesão relevante em termos de visitas (já ultrapassou as 9 000, concentradas essencialmente nas semanas imediatamente antes e depois dos encontros, no final de Setembro de 2004 e 2005) - estamos a falar "apenas" de cerca de 600 pessoas participantes directas em cada um dos encontros.

    Mas, curiosamente, o número de comentários no blogue é extremamente reduzido (por desconhecimento da forma de funcionar de um blogue? por 'timidez' de exposição pública? porque foi visitado por pessoas de diferentes países, falando diferentes línguas?), tendo, por outro lado, recebido muito mais e-mails...

    ReplyDelete
  4. Parece que a ligação para este exemplo do Mazariades deixou de funcionar...

    ReplyDelete