2004/05/26

Blogs: mais uma ferramenta ao dispôr das Organizações

Esta passagem do Guardian Unlimited, ilustra como se pode tirar partido do que muitos olham como ameaça

Inside track: "There are many advantages if companies treat blogging as a useful tool. Employee blogs are a chance for companies and customers to have informal dialogues and build relationships. (...) Blogs are also a great place for damage limitation, brand building and marketing. The experts on a product are usually the people who develop it, and blogs are one way they can share their expertise."

[via Tom Wilson, Information Research Weblog]

2004/05/25

World's largest database of abstracts and cited references enters final testing

Scopus to challenge Web of Science?

"Elsevier is developing a bibliographic database called Scopus, which several industry observers believe will compete with ISI's Web of Science for library dollars. At the heart of Scopus is the world's largest abstracts database of over 12,900 journal titles from 4,000 publishers providing access to over 25 million abstracts going back to 1966 and 5 years of reference back years, building up to 10 years by 2005." [via António Granado, PhDweblogs]


Weblogs de projecto - utilização interna - caso

(Chad Dickerson, InfoWorld) Blogging behind the firewall: InfoWorld’s internal Weblog started as an experiment. Already, it’s indispensable: "Posting this plan on a Weblog made three key things happen. First, it forced the team to strategically organize its IT initiatives into a coherent roadmap fit for broader internal consumption. Next, it created a sense of accountability for these initiatives within the IT team because we had collectively agreed on the initiatives and documented the process. Finally, posting our plan for the entire company to see helped foster a sense of accountability to our non-IT colleagues within the company."

[via Lee LeFever]

2004/05/23

Weblogs e Comunidades de Prática (2)

For once, Bloggers/Individuals keep me inform of new developments, happening here and now.
I don’t see blogs as «versus», I see them as complementing - creating many opportunities for organizations that are made of individuals that have a plethora of interests and are able to scan their environment according to their own knowledge.
As for what Blogs and Bloggers are being scrutinized for it always reminds me of something that happened some years ago when e-mail, in the organization I was working for (and in plenty of others), was considered bizarre.
Today, when asked, everyone will say that they’ve «always» used e-mail. What I’m learning from all of this? That people still have difficulty to deal with a world that is ever more rapidly changing thus being hard to accept evolving ideas, not to talk about innovation in the so called Knowledge Society. But also, that I don’t need to feel a freak anymore for believing that the Organization I work for can benefit with my embryo project, because I can relate to others work, practice, and doubts.
So I guess the people I’m relating while «doing» my Blog are becoming a CoP (Community of Practice) in their own sense, but a CoP that it’s part of other CoPs that overlap, and others that don’t. This is my reply to Lilia: Can blogging replace communities of practice?:

"the question about similarities vs. differences between weblog networks and forum-supported communities is one of the first you will get while talking about weblogs to KM practitioners"

2004/05/21

The End of Business as Usual

Levine, Locke, Searls & Weinberger (2001) The Cluetrain Manifesto: The End of Business as Usual:

"Through the Internet, people are discovering and inventing new ways to share relevant knowledge with blinding speed. As a direct result, markets are getting smarter—and getting smarter faster than most companies."
[disponível online]

Weblogs e Comunidades de Prática

"This article by Martin Dugage asks whether networks of bloggers will be the online communities of the future. Before the development of weblogs, "online community" tools like forums, mailing lists and bulletin boards were predominantly used for community building. Experience seems to show that weblogs are proving far more effective in creating meaningful interpersonal connections than centralized community spaces on the web." (Stephanie Phillips (ed.), KnowledgeBoard Newswire, Issue 81, 21-05-2004).


Dado que os «Bloggers» através do tempo vão estabelecendo a sua rede de contactos com outros «Bloggers», e que pode incluir a realização de eventos através dessas ligações (e.g. BlogWalk), a sua maturação, através do que se pode chamar de comunidades de prática, tal como é sustentado pelo autor, pode originar um campo propício à criação de valor através da execução de projectos, tal como ilustra nesta figura (Dugage, 2004).

Para conseguirmos ter uma noção das redes que se vão formando, torna-se desejável «visualizar» essas redes, o que vem sendo referido como Visualizing Social Networks ou Social Networks Mapping Tools.

PS [23-Maio-2004] - Can blogging replace communities of practice?: "the question about similarities vs. differences between weblog networks and forum-supported communities is one of the first you will get while talking about weblogs to KM practitioners" (my thoughts on that in here)

2004/05/20

Identificar actores -> fazer corresponder informação

Em parte, devido ao «post» de ontem de Links Recomendados, apercebi-me que, ao explicitar o caminho percorrido, através da recolha sistemática de informação em determinadas áreas (a que muitas vezes corresponde a linha editorial do Blog) e dos rastos deixados, é mais fácil identificar as necessidades de diferentes actores.
Se a prática institucional de Blogs de colaboradores nas organizações fosse instituída, a identificação de recursos (e a correspondente avaliação da sua importância) poderia avançar mais facilmente, uma vez que as ferramentas já existem podendo ser deixado ao arbítrio dos actores a visualização da forma que mais se lhes adequa (e.g. Trees vs. webs).
Desta forma, as organizações cuja principal actividade reside nas competências dos seus colaboradores (know how) seria não só mais facilmente identificada, como também poderia constituir em si mesma uma mais valia pela criação de diferentes contextos para os mesmos conteúdos, como são exemplo as micro-redes (conversações) que se estabelecem entre diversos actores na «blogosfera».

2004/05/16

"Conhecer para Agir"

Lentamente, a discussão das possibilidades dos Weblogs, para além do campo do jornalismo, está a ganhar terreno em Portugal. No próximo dia 2 de Junho, quem estiver interessado nesta temática (entre outras), terá oportunidade de conhecer outras perspectivas e fazer parte de uma comunidade mais alargada no âmbito de um projecto Europeu [ver lista de Blogs dessa Comunidade aqui].

"Se os termos Gestão de Informação, Gestão do Conhecimento (KM), Comunidades de Prática (CoP), Weblogs [Blogs], Inovação, Redes de Excelência, entre outras (...), lhe dizem alguma coisa ou lhe interessam muito, então queremos convidá-lo(a) a fazer parte deste projecto Europeu e a participar, no dia 2 de Junho, no seminário sobre os SIG, um evento que marcará o lançamento da zona portuguesa do KnowledgeBoard – “Conhecer para Agir." [ver mais]

PS [19-Maio-2004] - Referido também por Mário Franco em Cidadania na Sociedade da Aprendizagem. Obrigada!

PS2 [21-05-2004] - Obrigado, Pedro, será mais uma oportunidade para retomar uma questão que há muito ficou no ar ;)

PS3 [03-Junho-2004] - Embora atrasada, aqui coloco a referência e os meus agradecimentos à divulgação dada ao evento pelo António Granado no Weblog Ponto Media e na secção Média do Jornal Público. Um agradecimento também ao Quarto da Tralha.

2004/05/15

Blogs - redes de aprendizagem distribuídas

I've added the bold remarks in the excerpt below for my own reflection so I can relate to previous posts in B2OB concerning the use of weblogs in Organizational environments and further relate to the Organizations as open systems.
It's also a build up for the findings of my research into "The role of information in expatriation" (a case study approach in a private international bank with 3 embeded cases, corresponding to operations in 3 different countries, involving field work in those countries, interviews with expatriates of the organizations in loco, internal publications, and media monitoring. I'll be defending it in a short time and hope to be able to publish some of the results. In the meantime I hope to find someone to discuss the findings and further build on it...)

"(...) weblogs can provide a unique opportunity to access usually invisible trails of development and flows of ideas, a window onto practice. It can serve as a learning resource for others, as well as providing a better overview of internal expertise and experts, and may lead to the speeding up of innovation due to earlier cross-fertilisation of ideas. Weblogs can be used as a technology for facilitating and extending existing apprenticeship and coaching programs or capturing stories of retiring experts." [Efimova, Fiedler, Verwijs e Boyd, (2004). Legitimised theft: distributed apprenticeship in weblog networks, p.6)

2004/05/14

Utilização de Blogs Organizacionais - intranet e/ou internet - Portais

Algumas das questões identificadas no Chapter 8: "Using Blogs in Business" (Bausch, Haughey e Hourihan, 2002, We Blog: Publishing Online with Weblogs)[via Blog of Collective Intelligence].
Para quem estiver interessado em pesquisar dentro do livro (e estiver registado na Amazon!) pode utilizar este link.

2004/05/13

Blogs para fomentar comunidades de prática (CoPs)...

... e para experimentar -> ECCoP blog: "We blog to grow a theory, a practice, and a community dedicated to enhance value creation by communities of practice. This blog is an experiment in social innovation."



PS - Etienne Wenger está à procura de parceiros para um projecto -> Learning for a small planet
a research agenda
: "I am looking for an academic home to pursue this research agenda, as well as for foundations that would be interested in a funding partnership. I could use your suggestion for this new phase of my life:
1. Do you know a university or an institute where this research could find a home?
2. Do you know of a foundation or a granting agency that would be interested in supporting this work?
I am ready to relocate anywhere in the world, if I can find the ideal conditions to pursue my research agenda.
"

2004/05/12

Utilização de Blogs - monitorização dos media

Quando falamos em liberdade de expressão falamos também nas responsabilidades de expressão. Para monitorizar o que os media reportam, os Blogs têm vindo, de forma crescente, a dar um prestimoso contributo. Veja-se a título de exemplo o «rumor» que já corria sobre "Autoridade quer acabar com os «blogs» " (será que o poder está preparado para a verdadeira cidadania, participada e vigilante?) [via PedroF, ContraFactos & Argumentos]: "Várias horas depois de ter publicado Autoridade quer acabar «blogs», o Expresso veio finalmente reconhecer: O EXPRESSO Online errou."

2004/05/10

Blogs - teoria vs prática

Já utilizei esta técnica em dois workshops diferentes e parece-me ser uma boa maneira para que as pessoas se apercebam, por si mesmas, da facilidade de utilizar um Blog através da prática -> [from Steven M. Cohen, Library Stuff]:
"Have the attendees take a weblog home with them. This is the main reason why Jenny and I like to do our hands on presentations. It's one thing to rattle on and on about weblogs. It's another thing to have the audience see the technology in action in front of their noses."

2004/05/09

Blogoesfera e "As Cidades Invisíveis"

«A» descreve um blog, link por link.
- Mas qual é o link que sustém o blog? - pergunta «B».
- O blog não é sustido por este ou por aquele link - responde «A», - mas sim pelas relações que eles formam.
«B» permanece silencioso, reflectindo. Depois acrescenta: - Porque me falas de links? São só as relações que me importam.
«A» responde: - Sem links não há relações.
(proposta de AntColony, adaptado de Italo Calvino, "As Cidades Invisíveis", 1990.)

2004/05/07

Ping-pong de informação

: )

Blogs - divulgar (e aumentar notoriedade) de artigos científicos

Alertada por uma das nossas bibliotecárias [com referência a um post do Prof. Tom Wilsom - Blog impact - again], fica outra oportunidade de utilização de blogs para a divulgação de artigos científicos noutros canais que complementam os «tradicionais». Ou seja, um dos «etc»'s a que se referia Bo-Christer Björk (2004):

"In addition to traditional publications there are many other ways in which scientific communities can use information technology and the Internet to enhance their communication and collaboration processes, such as e-mail discussion lists, databases of observation data, the sharing of models and programming code etc.," [Open access to scientific publications - an analysis of the barriers to change]

Weblogs Organizacionais: barreiras e oportunidades

Muitas vezes é benéfico reflectir nas palavras de quem coloca obstáculos, antecipando muitas vezes o que o entusiamo não nos permite ver. Para argumentos em relação à introdução de Weblogs Organizacionais: Red Light, Green Light Corporate Weblogging Pitches:

"There is an enormous plethora of questions and concerns at the enterprise level regarding weblogs. (...) benefits, drawbacks, and questions that need to be asked when pondering enterprise weblogging." [from The Social Software Weblog].

Entre elas, as questões que se prendem com a própria disseminação interna dos blogs: Existirá maturidade para a sua utilização? Será que as pessoas compreendem a sua utilização enquanto ferramenta de trabalho? Ou será apenas vista como uma extensão dos seus desabafos numa esfera pública que poderá implicar outras pessoas e os próprios interesses da Organização?

Parece-me que uma abordagem faseada seria importante, tal como proposto num artigo sem carácter científico, Business Weblogs - a pragmatic approach to introducing Weblogs in medium and Large Enterprises, aproveitando a constituição de uma equipa de projecto, com um interface simples, sem grandes sofisticações, até que os elementos se habituem a trabalhar com as funções básicas, antes de partirem para ferramentas mais sofisticadas. Esta foi uma das primeiras aplicações em que pensei quando resolvi criar este espaço (pensamento em voz "baixa"...).
A outra questão que me ocorreu, para o sucesso da implementação dos Blogs, prende-se com a identificação de pessoas dentro da organização mais predispostas à mudança, inovadores a quem esta ferramenta fosse uma extensão das necessidades que já detectaram e para as quais podem ainda não ter identificado ferramentas. Nesta altura interrogo-me se, à semelhança da minha utilização, não existirão já outras pessoas aqui dentro a fazer o mesmo sem nos termos encontrado?

2004/05/06

Blogs: Papel das Bibliotecas (2)

blogwithoutalibrary.net: "(...) I began researching and writing an article about what libraries, as institutions, were doing with blogs, and at the time a lot of that activity was isolated to library news blogs. The more I worked on the article, the more I saw the potential for the use of blogs in varied contexts, from reference to instruction and outreach. Ultimately, I started thinking about them as one of the many ways libraries can serve their users and stay relevant (...)" (Amanda Etches-Johnson).

Para quem estiver interessado em saber mais, existe uma secção de bibliografia. Mais iniciativas e argumentos na comunidade de bibliotecários de referência:

"If one individual posts a question, a community of librarians and other patrons may read that post and respond to it. In this way, the blogsphere may be utilized to create a "reference sphere," in which an information-seeking transaction may be conducted as community exercise." [Lyceum: A Blogsphere for Library Reference" by Jeffrey Pomerantz & Frederic Stutzman + respectivo projecto de open source desenhado pela ibiblio.org]

Ver ainda Blogs: Papel das Bibliotecas (1).

Recursos - Weblog research

Para conceber soluções somos muitas vezes tentados a criar novos modelos (re-inventar a roda).
Partilho da opinião que é de facto muito mais estimulante, mas acabamos por perder os contributos de diversos olhares, objecto de reflecção de outras pessoas, que nos podiam fazer avançar/aprofundar/relacionar os nossos resultados e assim construir um modelo mais sólido.
O mapeamento de trabalhos no campo dos Weblogs já é preocupação de uma comunidade que tem vindo a crescer: TopicExchange: Weblog research.

2004/05/04

Integrating Knowledge Management Technologies in Organizational Business Processes

Para pensar «o espaço» dos Blogs a nível organizacional, convém contextualizá-los num «chapéu maior», mais abrangente: a (já velha) discussão Gestão da Informação / Gestão do conhecimento e as implicações para a integração de tecnologias nas organizações:

... e já agora, conhecer algumas das «caras» (os chamados Gurus) [via Denham Grey] - Examining the Intellectual Structure of Knowledge Management, 1990-2002: An Author Co-citation Analysis.' University of Minnesota Management Information Systems Research Center Study. MISRC Working Paper #03-23. + Who are the players in KM

2004/05/01

sobre Portais...

Gostava de poder ver mais do que o índice e perceber qual a possibilidade de se integrarem os blogs... Brian Detlor (ed.) Towards Knowledge Portals: from Human Issues to Intelligent Agents. [Book Series: INFORMATION SCIENCE & KNOWLEDGE MANAGEMENT , Vol. 5]
Ver índice

Gestão da Informação vs Gestão do Conhecimento

"Nevertheless today's rediscovery of the topic of knowledge and information management within the business field allows also, vice versa, to criticise a technological hostility within the hermeneutic tradition. I call the conjunction between hermeneutics and information technology artificial hermeneutics (Capurro 2000a) which is concerned not with the face-to-face but with the interface situation. This means that, as with any other media change, electronic networks create new possibilities for knowledge creation, helping us, for instance, to overcome in a different way time and space constraints as in the case of bodily encounter or of printing technology. (...) The following development brought not just a fragmentation of scientific disciplines and their vocabularies but, as we see it today, a knowledge network that goes beyond the printing encyclopaedic and 'endictyopaedic' forms of knowledge representation. Not only strongdocuments but also human beings are linked within a digital and global endictyopaedia that is a the same time an information as well as a communication medium."

Estudos de informação / Information Research

É sempre bom ver o nome de um dos nossos investigadores na lista dos mais acedidos, tanto mais que é um campo de investigação ainda pouco afirmado em Portugal e que procura cativar gente nova. Parabéns (artigo de Correia & Wilson: Scanning the business environment for information: a grounded theory approach)! [via Information Research Weblog]