2004/11/18

Relação dos Blogs com o «Open access»...

... a propósito de uma excelente apresentação sobre o Acesso Livre, de Eloy Rodrigues, com uma vasta publicação de artigos sobre o tema [v.g. Acesso ao conhecimento], achei que estava na altura de colocar um pequeno apontamento.

O movimento de acesso livre [Open access, diferente de Open content] está relacionado [diria mesmo, interligado] com o acesso a uma rede mundial, que hoje associamos à internet. O tal ambiente que torna possível a troca de ideias à escala global, caracterizada pela flexibilidade e dinâmica em que assenta, ao permitir, por exemplo, que investigadores de diversos pontos do globo se «encontrem» apesar da sua localização geográfica. O blog, neste contexto, torna-se uma ferramenta adicional de comunicação mediada por computador [CMC].

Ao longo dos últimos anos [ver Timeline of the Open Access Movement], têm surgido cada vez mais revistas em regime de acesso livre, o que em nada compromete a sua qualidade dado que, ao contrário do que algumas pessoas ainda pensam, estes também são peer reviewed por forma a assegurar a qualidade das contribuições [v.g. Information Research].

Tal como já foi aqui diversas vezes ilustrado [ferramenta ao dispôr das Organizações, pensamento em voz "baixa", blogs como ponto de encontro, ensaio de Nielssen, blogs no mapa das comunicações, etc.], os blogs, enquanto ferramenta, permitem alargar o espectro da comunicação pessoal, disponibilizando-a, de forma fácil, num formato de acesso global, em rede [ter em atenção linhas de orientação para Blogs Organizacionais].

À semelhança do que existe quando queremos fazer menção a uma ideia que não é nossa (num artigo, numa apresentação, num relatório, etc.), em que remetemos o leitor para o objecto em que se encontra [v.g. APA], nos blogs utilizamos os hiperlinks, que nos permitem remeter o leitor para a fonte(s) consultada(s) em linha.

Só que, ao contrário do que acontece numa publicação impressa, a facilidade de encontrar no momento (e verificar ou aprofundar) a interpretação que foi feita, torna-se mais fácil. Este mais fácil, só será possível se os nossos links remeterem para objectos em regime de acesso livre. Caso contrário, apesar de esta ferramenta permitir essa utilização, estamos a condicionar essa verificação a leitores com o mesmo tipo de acesso que nós temos, e, dessa forma, a criar barreiras à divulgação de ideias, de pontos de vistas, de intersecção com outros trabalhos, outros autores, outras abordagens...

Por isso, tenho feito um esforço, com algumas excepções, para colocar, aqui no blog, remissões a objectos em acesso livre, apesar de saber e reconhecer que muitas publicações mereciam aqui destaque para aprofundar a temática dos blogs no contexto organizacional, de entre toda a informação que vamos produzindo à escala global.

No comments:

Post a Comment