2004/06/23

Conhecer as ferramentas para saber tirar partido delas

Uma das estratégias que utilizo quando necessito, rapidamente (menos de 10 minutos), situar um assunto, uma palavra, um conceito, é recorrer a uma das opções de pesquisa disponibilizada pelo Google (define:[QUALQUERCOISA]) na caixa de pesquisa.
Por exemplo, o artigo

An Introduction to Information Architecture: "If you're working on an existing Website, you are probably saddled with an overgrown beast that neither you nor your customers can make much sense of."

é pouco esclarecedor para o título que tem e não me situa o conceito, além de não me fornecer uma perspectiva mais alargada sobre outros olhares. Utizando então a funcionalidade «define» para Information Architecture, obtenho isto, o que me permite (sensivelmente no mesmo período de tempo gasto para ler um só artigo de opinião) rentabilizar o meu tempo e obter uma visão mais alargada sobre o conceito.
Outras estratégias?...

5 comments:

  1. É interessante notar como um melhor conhecimento das ferramentas do Google abre outros horizontes na pesquisa. Outros comandos que funcionam de modo semelhante:

    filetype:
    [da vinci filetype:pdf]>busca por tipo de ficheiro

    site:
    [atenção site:http://blogtese.blogspot.com/]> para fazer a busca num certo domínio

    link:
    [link:http://blogtese.blogspot.com/]> para saber que sites linkam para o site indicado

    Outras ferramentas em:
    http://www.google.com/help/features.html

    ReplyDelete
  2. Anonymous23/6/04 19:52

    Mónica. Olá. Por exemplo assim na caixa do Google:

    ["Information Architecture" Tutorial inurl:pdf]

    ver aqui:

    http://www.google.com/search?hl=en&ie=UTF-8&q=%22Information+Architecture%22+Tutorial+inurl%3Apdf

    O primeiro e terceiro resultados dão logo para um razoável pontapé de saida. Abraços, v.

    ReplyDelete
  3. Obrigado Pequenão e Vitó. É engraçado ver como cada um combina as opções existentes para uma única ferramenta. Mas estou certa de que não é a única utilizada para pesquisar informação na internet... Ou será que entrámos de facto na «era Google» (Google it)?...

    ReplyDelete
  4. Parece-me que sim, os brasileiros já inventaram o termo "googlar", é talvez o website mais visitado do mundo, estamos na era Google. E ainda bem, parece-me que o crescimento do Google é uma vitória da ética: faz pesquisas criteriosas; tem uma série de serviços úteis e gratuitos; o site é leve - o que contribui para um menor congestionamento na rede; a publicidade que exibe não é agressiva. A não agressividade da publicidade é e foi importante: enquanto que outros motores de busca colocaram grandes parangonas publicitárias de cores berrantes bem pagas, o Google não. Este foi um dos factores que levou à selecção natural do Google por parte dos utilizadores da net.

    Outra ferramenta interessante, que não limita o seu espectro de actuação à net, e que vem no sentido de dar resposta à crescente quantidade e diversidade de informação que prolifera é um conjunto de técnicas de leitura rápida que permite apreender um texto mais rapida e eficazmente.

    ReplyDelete
  5. Sobre estratégias de pesquisa, acho que vale bem a pena experimentar o seguinte tutorial:
    http://www.learnwebskills.com/search/main.html

    ReplyDelete