2004/06/20

Barreiras à participação em Conferências e Weblogs

Alex Halavais traça elementos de complementariedade entre Conferências e Weblogs. Uma das questões que me despertou a atenção prende-se com a criação de redes sociais.

A participação em conferências permite que os indíviduos exponham as suas ideias, para um alvo determinado, alargando conversas e discussões que enriquecem o seu trabalho e criando pontes com outros trabalhos que estão a decorrer, ao mesmo tempo que se inteiram do estado da arte, muitas vezes, na primeira pessoa.

Conferences and Weblogs: "It is this latter function that, in my opinion, the academic conference serves. Certainly, it is an opportunity to present current findings, but with the pace of research, it is entirely likely that what is presented is already far along by the time conference attendees see it. Journals and informal exchanges serve to keep folks abreast of information. The primary role of the conference is as an opportunity to establish colleagues, partners, acquaintances, and friends. Delivering papers is largely a function of providing public introductions, both to the research and the researchers."

Os Weblogs permitem estabelecer pontes com outros trabalhos, narrados na primeira pessoa, com acesso, em cada vez mais casos, aos artigos antes de serem publicados em revistas da especialidade, para além do acesso à rede de relações que os autores dos blogs disponibilizam.

Conferences and Weblogs: "I think that weblogs can play an important role here as a tool that does not replace physical conferences, but allows for both an alternative route to these ends, and an enhancement to such experiences. I think blogs could be particularly good at providing a way to keep people updated between major conferences, and as a way of making conferences better, by providing some of the preparatory support (introductions) that would make the time together better spent."

Mas, mais importante ainda, no caso de quem aspira à carreira de investigação sem qualquer tipo de apoio financeiro (que permita suportar os custos implícitos para poder participar em conferências), a oportunidade de não perder o que está a ser feito (estado da arte) na sua área de investigação, evitando assim o «re-inventar da roda».

1 comment:

  1. Outro «contexto» para Conferências e Weblogs: ver Martin Röll...

    ReplyDelete