2004/05/07

Weblogs Organizacionais: barreiras e oportunidades

Muitas vezes é benéfico reflectir nas palavras de quem coloca obstáculos, antecipando muitas vezes o que o entusiamo não nos permite ver. Para argumentos em relação à introdução de Weblogs Organizacionais: Red Light, Green Light Corporate Weblogging Pitches:

"There is an enormous plethora of questions and concerns at the enterprise level regarding weblogs. (...) benefits, drawbacks, and questions that need to be asked when pondering enterprise weblogging." [from The Social Software Weblog].

Entre elas, as questões que se prendem com a própria disseminação interna dos blogs: Existirá maturidade para a sua utilização? Será que as pessoas compreendem a sua utilização enquanto ferramenta de trabalho? Ou será apenas vista como uma extensão dos seus desabafos numa esfera pública que poderá implicar outras pessoas e os próprios interesses da Organização?

Parece-me que uma abordagem faseada seria importante, tal como proposto num artigo sem carácter científico, Business Weblogs - a pragmatic approach to introducing Weblogs in medium and Large Enterprises, aproveitando a constituição de uma equipa de projecto, com um interface simples, sem grandes sofisticações, até que os elementos se habituem a trabalhar com as funções básicas, antes de partirem para ferramentas mais sofisticadas. Esta foi uma das primeiras aplicações em que pensei quando resolvi criar este espaço (pensamento em voz "baixa"...).
A outra questão que me ocorreu, para o sucesso da implementação dos Blogs, prende-se com a identificação de pessoas dentro da organização mais predispostas à mudança, inovadores a quem esta ferramenta fosse uma extensão das necessidades que já detectaram e para as quais podem ainda não ter identificado ferramentas. Nesta altura interrogo-me se, à semelhança da minha utilização, não existirão já outras pessoas aqui dentro a fazer o mesmo sem nos termos encontrado?

No comments:

Post a Comment