2004/12/31

Tsunami Help Wiki - Encontrar pessoas desaparecidas

Vivi muitos anos em Macau (cerca de 11) e deixei muitos amigos por lá. Já contactei aqueles que me estavam mais próximo e recebi resposta de que estavam todos bem. Continua no entanto por encontrar a Belinda (casada com o Paulo Coutinho, jornalista, que tem um filhote - marido e filho foram hospitalizados em Bangkok e estão fora de perigo). O cunhado da Belinda, o Victor, foi até Phuket para ver se a encontra.

Para quem tiver informação sobre pessoas desaparecidas ou outras que já tenham sido encontradas (Missing and Found), existe a possibilidade de actualizarem dados neste Wiki - Tsunami Help - Wikinews: "Emergency Database created by the SEA EAT (Tsunami Help) Blog (http://tsunamihelp.blogspot.com/) contributors, and organized and edited and ported to this wiki by many of the visitors (registered and anonymous) to this wiki. (You too can help organize information!) Please pick one of the Tsunami Help links for more information."

2004/12/30

Blogs e Comunidades de Prática (CoP)

Antes de «fechar» o ano, queria deixar aqui registado o blog de Roberta Cuel [Knowledge Nodes in Organizations], que o Olaf indicou em Knowledge Nodes.

Para além da noção de blog enquanto ferramenta, a noção de nós que estabelecem ligações entre uma comunidade que pode estar geograficamente dispersa e que pode dar origem a comunidades de prática.

"Nowadays other important instruments, which similar characteristics, seem to predominate, providing more effectiveness and meaningful interpersonal connections than centralized community spaces on the web." (...)
Roberta refere, como pontos fortes, que a utilização de blogs, em comunidades de prática, permitem participação, constante renegociação e a tal participação periférica na comunidade. Como pontos fracos, avança que serão elaborados no artigo que vai dedicar a esta temática.


[Final do ano 2004] Posted by Hello

2004/12/28

Funcionamento do RSS...

O artigo de Tony Hammond, Timo Hannay, and Ben Lund (2004), The Role of RSS in Science Publishing: Syndication and Annotation on the Web, D-Lib Magazine, December 2004, Vol. 10 (12), que me foi dado a conhecer por uma colega de trabalho, explica a origem, funcionamento e aplicação do RSS.

[complemento ao
slide 23, da apresentação do workshop na APBAD]


[M. André, slide 23 da apresentação do workshop sobre Weblogs na APBAD] Posted by Hello

2004/12/23


[Centro de Natal 2003] Festas Felizes Posted by Hello

2004/12/15

Apontamentos sobre o Worshop na APBAD

Tentativa de sistematizar algum do material que trouxe para reflexão, decorrente do workshop de 13 e 14 de Dezembro, na Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (APBAD):

  • Desenho da apresentação (.pdf), alternando momentos de exposição com prática «step-by-step», parece ter resultado, embora um dos participantes tivesse sugerido maior sistematização [rever estrutura dos slides - parte prática].
  • As 12 horas permitiram percorrer todos os pontos e, avaliando pelos comentários dos participantes, os objectivos foram cumpridos.
  • Numa primeira introdução ao blogs é importante falar de questões éticas e deontológicas, tanto mais porque se trata de profissionais de informação que no decurso da sua actividade têm uma preocupação constante com a formação de utilizadores [possibilidade de vir a relacionar com jornalismo]. Preocupações acrescidas quando se trata de blogs no contexto organizacional passam por definir linhas de orientação organizacionais e posicionamento do blog (pertence à organização ou ao indivíduo?).
  • No decurso da interacção foi criado um blog de apoio [não estava previsto]. Permitiu ilustrar algumas questões durante as sessões práticas. O mesmo blog, a pedido dos participantes, servirá de «ponto de encontro» para trocas adicionais de informação [extensão do espaço formal de aprendizagem / segurança / continuidade / reter apontamentos].

Quanto a problemas que se podem colocar na manutenção de um weblog no contexto organizacional, algumas das questões passam por definir se os blogs são um espaço pessoal onde se vai construindo uma identidade (várias?), através da «voz» que vai dar corpo ao blog, e como é que se posicionam dentro do contexto Organizacional:

  • Parece-me que cada um de nós, no âmbito das nossas organizações, através do contacto com diversos públicos, em diversos canais, imprime a sua personalidade e vai «contando» a organização.
  • Podemos considerar os blogs como canais adicionais de comunicação (internos e/ou externos) para divulgar e valorizar recursos existentes. Não serão as competências (know-how) o recurso mais valioso da organização? Não serão os blogs uma ferramenta adequada à incorporação de informação no sistema organizacional? Não será esta uma forma de responsabilizar cada um de nós pela transferência dos saberes acumulados?
  • Possibilidade de ajudar cada vez mais utilizadores, por exemplo os que recorrem ao serviço de referência, uma vez que já faz parte de um processo natural para bibliotecários de formação/educação dos seus utilizadores. Divulgar os processos (formulação de pesquisa, pesquisa em bases de dados, colecções existentes, procedimentos, necessidades de informação etc) e não os pedidos, pode ser uma forma de chegar a utilizadores mais tímidos e de responder a perguntas que não formularam.
  • Seleccionar blogs que respondam aos interesses dos participantes permite ilustrar a utilidade da ferramenta enquanto radar para scanning de informação [blogs como canal adicional para aumentar radar informativo - awareness. Repensar boundary roles]. Na segunda-feira tinha mostrado, entre outros, o rato de biblioteca, e na terça-feira, quando nos voltámos a reunir, um dos participantes tinha encontrado algo que me tinha escapado [suplemento de um jornal dedicado aos eBooks em bibliotecas] e também um artigo de uma revista que eu não assino.

Quanto a desafios para as bibliotecas [ver comentário ao relatório da OCLC]: em vez de tentar trazer os utilizadores às bibliotecas [agarrado à noção de imobilidade], levar as bibliotecas aos utilizadores [noção de mobilidade - anywhere, anytime]. Não confundir presença com utilização. Exemplo que foi dado: possibilidade de disponibilizar os recursos de informação em canais alternativos, por exemplo, disponibilizar RSS por temas / por descritores / por registo / etc. [exemplo da Biblioteca Pública de Kansas] deixando ao utilizador o critério de escolha do canal que mais lhe convém para aceder à informação. Poderá também permitir tornar visíveis os utilizadores de recursos por via digital [o utilizador invisível].

Por ora, apenas este apontamento. A prática, a troca de experiências e a resposta que será dada no terreno pelos utilizadores poderão fornecer mais pistas...



PS [23/12/2004] - Outros locais em que se fala sobre este workshop: Lembrete, Rato de Biblioteca, Jornalismo e comunicação e Reflexiones e irreflexiones.

PS2 [20/01/2005] - Só hoje reparei no comentário deixado ficar por António Regedor no Blog do Pedro Príncipe, a propósito do Workshop sobre weblogs em Bibliotecas.

2004/12/12

Guia de licenciamento de conteúdo aberto / Guide to Open Content Licences

Para compreender os vários tipos de licenciamento de conteúdos existentes no meio digital, Lawrence Liang (2004) elaborou um o A Guide To Open Content Licences, disponível em duas versões (.pdf e digital):

"Scientists, writers, designers, artists, musicians and others are increasingly interested in making their work available in 'the public domain'. This booklet is an overview of the ways in which this has been done and a guide to the growing area of Open Content Licenses through which people design and safeguard access to their work."


2004/11/27

Diversos artigos sobre weblogs...

... num número especial das comunicações da ACM - Communications of the ACM, Volume 47, Issue 12 (December 2004) The Blogosphere [via Lilia, congratulatios for your brother ;-)]. Depois de ler os artigos vou colocando aqui as minhas impressões.
Por agora... time for weekend!

2004/11/26

HP com blogs

Para quem estiver menos atento, notar que esta secção de bloggers da HP está incluída na «Dev Resource Central». Em termos de política editorial da HP para com os seus colaboradores, encontrei estas linhas no final de cada blog:

Mark Perreira's blog - HP Dev Resource Central: "Opinions expressed here and in any corresponding comments are the personal opinions of the original authors, not of HP and may not have been reviewed in advance by HP."
[via António Granado]

2004/11/24

Resultados provisórios do "Inquérito à utilização das TIC pela População Portuguesa"

Aceder ao relatório provisório de 2004, "Inquérito à utilização das TIC pela População Portuguesa", realizado pela UMIC, com a "recolha de dados efectuada pela empresa Metris-GFK no período de 17 de Setembro a 4 de Outubro" (p.2), através de "questionário por entrevista directa realizada no alojamento dos indíviduos" (p.2) a 3 mil indivíduos. [acesso directo ao pdf 1,8Mb].

Weblogs em Portugal

Tinha-me, de facto, passado despercebido não fosse o alerta do Fernando aqui no nosso vizinho país, Espanha.

Apesar de o artigo centrar a abordagem nos efeitos dos blogs no jornalismo, é certo que contém uma boa cronologia do fenómeno dos Blogs em Portugal e também um excelente apanhado sobre o que se tem produzido, a nível global, para melhor compreender esta ferramenta.
Cá fica:

Santos, L. A. (2005). Weblogues em Portugal - Análise exploratória dos efeitos de um novo formato no Jornalismo.

[Este evento já tinha sido referido aqui -> Na direcção de qual Sociedade do Conhecimento, enquanto recurso]

2004/11/22

De Espanha chegam exemplos de blogs no contexto da investigação

O José Luis Orihuela, disponibilizou alguns exemplos de uso de weblogs como ferramenta em docência e investigação (onde também se encontra um blog português), no âmbito de uma sessão no VI Forum de Investigação em Comunicação.

2004/11/19

Pausas...

Outros ares, necessários também para aumentar a produtividade ;-)

2004/11/18

Relação dos Blogs com o «Open access»...

... a propósito de uma excelente apresentação sobre o Acesso Livre, de Eloy Rodrigues, com uma vasta publicação de artigos sobre o tema [v.g. Acesso ao conhecimento], achei que estava na altura de colocar um pequeno apontamento.

O movimento de acesso livre [Open access, diferente de Open content] está relacionado [diria mesmo, interligado] com o acesso a uma rede mundial, que hoje associamos à internet. O tal ambiente que torna possível a troca de ideias à escala global, caracterizada pela flexibilidade e dinâmica em que assenta, ao permitir, por exemplo, que investigadores de diversos pontos do globo se «encontrem» apesar da sua localização geográfica. O blog, neste contexto, torna-se uma ferramenta adicional de comunicação mediada por computador [CMC].

Ao longo dos últimos anos [ver Timeline of the Open Access Movement], têm surgido cada vez mais revistas em regime de acesso livre, o que em nada compromete a sua qualidade dado que, ao contrário do que algumas pessoas ainda pensam, estes também são peer reviewed por forma a assegurar a qualidade das contribuições [v.g. Information Research].

Tal como já foi aqui diversas vezes ilustrado [ferramenta ao dispôr das Organizações, pensamento em voz "baixa", blogs como ponto de encontro, ensaio de Nielssen, blogs no mapa das comunicações, etc.], os blogs, enquanto ferramenta, permitem alargar o espectro da comunicação pessoal, disponibilizando-a, de forma fácil, num formato de acesso global, em rede [ter em atenção linhas de orientação para Blogs Organizacionais].

À semelhança do que existe quando queremos fazer menção a uma ideia que não é nossa (num artigo, numa apresentação, num relatório, etc.), em que remetemos o leitor para o objecto em que se encontra [v.g. APA], nos blogs utilizamos os hiperlinks, que nos permitem remeter o leitor para a fonte(s) consultada(s) em linha.

Só que, ao contrário do que acontece numa publicação impressa, a facilidade de encontrar no momento (e verificar ou aprofundar) a interpretação que foi feita, torna-se mais fácil. Este mais fácil, só será possível se os nossos links remeterem para objectos em regime de acesso livre. Caso contrário, apesar de esta ferramenta permitir essa utilização, estamos a condicionar essa verificação a leitores com o mesmo tipo de acesso que nós temos, e, dessa forma, a criar barreiras à divulgação de ideias, de pontos de vistas, de intersecção com outros trabalhos, outros autores, outras abordagens...

Por isso, tenho feito um esforço, com algumas excepções, para colocar, aqui no blog, remissões a objectos em acesso livre, apesar de saber e reconhecer que muitas publicações mereciam aqui destaque para aprofundar a temática dos blogs no contexto organizacional, de entre toda a informação que vamos produzindo à escala global.

Blog de Professor e Alunos do 7º ano

Quando se fala da utilização dos blogs no contexto educativo, nada melhor do que ilustrar com um exemplo, em terras de Portugal:

A cada professor, a cada aluno um blog: "O Geografismos serve de ligação a oitenta e quatro blogs de alunos de Geografia de sétimo ano. Começámos o trabalho no Inverno de 2003, Évora. Temos um ano de vida e, actualmente, fazemos aulas de Geografia perto do mar, na escola do Pinheirinho, Almada. Um tremendo abraço a todos."
O empenho e a vontade do Professor Luís Palma de Jesus, apesar da falta de encentivos (que já vão sendo habituais cá na terra), parecem ser determinantes. Para além de constituir uma excelente forma de ensinar as tecnologias de informação e comunicação (TIC), constitui um estímulo pelos resultados obtidos - aprender fazendo. Será interessante ver o alerta que este Professor lança, a propósito do (fraco) plano curricular estabelecido para a disciplina de TIC do 9º ano.

2004/11/17

Utilização de RSS em Bibliotecas

A Biblioteca Pública da cidade de Kansas já oferece aos seus utilizadores a possibilidade de subscreverem os guias temáticos do seu portal, através de News Reader [ver RSS, XML...] Computers Guide - Kansas City Public Library:

"subscribe to one or more of our Subject Guides. The Subject Guide pages change frequently, so instead of remembering to re-visit your favorite Subject Guide, you can subscribe to it using a news reader. That way, you'll know when we update your favorite Subject Guide without even visiting the page!" [via Michael Stephens]

Weblogs e a partilha de informação a nível organizacional

Para implementar weblogs no contexto organizacional será importante, à partida, avaliar a cultura organizacional existente. Apesar de estarmos há muito tempo a falar da «sociedade da informação e do conhecimento», para muitas organizações a partilha de informação não é algo natural. Parece estar muito relacionada com a noção de que «informação é poder». Deixo uma referência que fala destas questões.

"Knowing yourself, your limitations, weaknesses and strengths provides an advantage when considering the ability to share and use information effectively. The same is true with an organization made up of people. Knowing the culture of the organization is an indicator of corporate personality. Collectively, the organization's personality dictates how it will adapt to a change in its environment. Once determined, the correct change management path can be prescribed and information sharing can propel the business value of uncovered knowledge beyond expectations. The synergy experienced by a free flow of relevant information has great impact on your organization's ability to leverage its information assets."

Curioso ter encontrado aqui isto. Às vezes tenho a sensação que o «mundo» está cada vez a ficar mais pequeno ;-)

2004/11/12

Aprendizagem colaborativa: processos e produtos

No caso dos weblogs, penso que se pode seguir a mesma abordagem. Para que a utilização dos blogs, enquanto complemento educativo, a sua utilização deverá estar integrada na componente do programa da cadeira(s) em que se espera a sua utilização. Assessing online collaborative learning: process and product [para quem estiver interessado neste artigo, poderá recorrer a qq campus que tenha acesso à b-on, tal como o INETI]: "If course designers wish to give all students an opportunity to experience online collaborative learning, then it is recommended that such activities are tied to the course assessment."
Um caso prático a registar: Prof. Alex Halavais, que começou este ano lectivo (2004/2005) a incorporar a utilização de blogs nas suas turmas [work in progress].

2004/11/09

Na direcção de qual Sociedade do Conhecimento?

Na direcção de qual Sociedade do Conhecimento? II Congresso Online do Observatório para a Cibersociedade que tem estado a decorrer. Por ora fica apenas a referência para todos os artigos submetidos, a maior parte em castelhano.

2004/11/08

Corporate Weblog and Wiki Summit


Corporate Weblog and Wiki Summit: Implementing Emerging Business Tools to Streamline Enterprise Project Efficiency [.pdf]. 1 e 2 de Fevereiro, 2005 - The Miami Intercontinental Hotel, Miami, Florida.

As apresentações que vão ter lugar:

[1 de Fevereiro, 2005]
- Examining the Impact of Weblogs and Wikis on the Enterprise: What Might They Unleash?
- Developing a Strategy for Selecting and Implementing a Collaboration Tool that Meets Corporate Needs
- Comparing Weblogs and Wikis in the Corporate Environment: A Verizon Case Study
- Utilizing Weblogs as an Enterprise-Wide Collaborative Tool to Streamline Operations
- Ensuring Information Privacy and Security in Variably-Permissioned Enterprise Weblog Environments
- Utilizing Weblogs for Project Efficiency
- Using Wikis to Capture Corporate Memory
[2 de Fevereiro, 2005]
- Achieving Organizational Buy-in for Weblog Implementation
- Examining Advances in Enterprise Social Software
- Leveraging Weblogs to Simplify Internal Communications
- Time, Learning and Innovation: A Case Study on Corporate and Project Boundaries
- Capitalizing on the Benefits of RSS Aggregation
- Meeting Your Business Needs: Employing Weblogs and Wikis to Aggregate Information
- Analyzing Weblog Implementation in a DoD Test and Evaluation Program
- Generating Cross-Functional Collaboration and Communication

2004/10/28

Razões para as Organizações implementarem Blogs

Do blog de Richard Giles Corporate Blogging:

"This post is based on tonights presentation at Perth's Blog Nite, and it'll cover the reason for the growth of blogging, reasons a company should blog, and how one can get started. Before we talk about corporate weblogs, we first need to understand how the internet has changed, and why blogs will be important in the near term for companies relationships with their customers. To do that I'll explain my Internet Bias theory, and why we're in the third wave of the internet."

Sei que esta entrada merecia mais comentários, mas por agora as minhas atenções estão viradas para a sessão online que vai ter lugar por aqui: Primeiro webinar RIAT Destino Digital.

2004/10/26

Investigação sobre blogs

Mais uma pessoa, Julia Habermann, que está a desenvolver a sua investigação sobre o "valor e utilização dos blogs por Profissionais de Informação e Gestores de Conhecimento

"Business value of blogs: My story...: "This blog is created by Julia Habermann, a student writing her thesis on 'The value and usage of blogs for Information Professionals and Knowledge Managers'. It is created to share any ideas, experiences or knowledge about businessblogs with anyone who is interested."

2004/10/18

Um Weblog Organizacional Português!

Como é que não adivinhei?... O primeiro Blog Organizacional Português (que encontro) é, nem mais nem menos, um Blog de uma agência criativa, segundo os próprios, uma «agência de ideias» (e que bela ideia :-). Como tal, fica aqui o registo de um caso prático, made in Portugal: tblogwa.

2004/10/16

«Serendipity», «Virtual Spines» e «Encountering Information»

To good to miss: Naomi Dushay, Visualizing Bibliographic Metadata - A Virtual (Book) Spine Viewer, October 2004:

"Rather than replicate the appearance of physical book spines, or even the specific information presented on them, the goal is to enable information discovery with a computer-mediated approach. Exploring new capabilities only available with non-physical, virtual book spines, hereafter referred to as spines or virtual spines, is a good place to start. (...) Virtual spines can be in multiple locations simultaneously, (...) can be organized for multiple characteristics simultaneously (...) can be re-organized instantly at the behest of any user (...) can be visually richer than physical book spines (...) [and] can provide a context-sensitive appearance.

What made me «click», while reading this paper, was the ability to switch from considering only the scoop on «Books» to «Weblogs». On practicing the use of blogs in our daily lifes we come to understand the meaning of information encountering [see works by Sanda Erdelez] on a serendipitous way [define serendipity]. Many of us feel that when it comes to organizing information is not a question of trees vs. webs because they are both needed in diferent ocasions for different reasons. This may not be attributed to bloggers but due to the fact that we are also active information seekers [and producers... ;-)].

So where's my point?

Visualizing information is an importante way of discovery and alpha prototype viewer that Naomi Dushay reports might be a step forward for the integration of weblogs in organizational settings [and of course, for my own personal information managment: i've been wishing for a long time to be able to «see» all the connections i've been making in this last months on B2OB & BlogTese with my work]

2004/10/15

Workshop sobre Weblogs na APBAD

Workshop sobre Weblogs na Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (APBAD), 13 e 14 de Dezembro: Weblogs: conhecer e usar a ferramenta no contexto das Bibliotecas.

PS [20041117, para efeitos de arquivo]: Referido em CF&A e Rato de Biblioteca.


PS2 [20041210]: Devido à restruturação da página da APBAD o link do post já não se encontra activo. Para visualizar o programa do workshop em pdf - Weblogs: conhecer e usar a ferramenta no contexto das Bibliotecas.

Colocar as ligações em dia e... HitMaps

De regresso! Mais liberta (de quê?...), com novas ideias e com mais espaço mental para as colocar em acção, retomo as ligações a este espaço.
Colocar-me a par das conversas que tiveram lugar vai levar algum tempo. Fica apenas o registo de mais uma ferramenta com potencial para a visualização geográfica de visitantes, que encontrei ao visitar o espaço da Lilia: HitMaps:

"This makes a particulary nice tracking tool for blog-site 'gutters', for which blog owners like to include convenient pointers, links, and summary features.
Principle
Hits to a web page are collected by including the thumbnail HitMap image into the page (...). The IP of the page requester is translated into geographical coordinates and stored in a database. Once a day, the HitMaps map images (the thumbnail image and the rest of maps it links to) are updated according to the database."

Claro que estou a pensar no potencial desta ferramenta dentro da organização. Mas isso não vai ser neste post ;-)
O gerador de código está disponível na página e basta copiá-lo para gerar o mapa do endereço que for fornecido (vou experimentar inserir aqui em baixo, mas como são necessárias visitas e dado que a actualização só é feita uma vez por dia até que ele possa reflectir esses mesmos visitantes, acho que vou ter que esperar algum tempo...)

Locations of visitors to this page

Where are visitors to this page?

(Auto-update daily since DD-MMM-YY)

2004/09/30

Impacto dos 10 primeiros anos da Internet [USA]

A USC Annenberg School Center for the Digital Future tornou público o estudo “Ten Years, Ten Trends”: "Center for the Digital Future Identifies the 10 Major Trends Emerging in the Internet’s First Decade of Public Use" [via António Granado]. Espanta-me que o capítulo dedicado às comunicações via internet só refira o correio electrónico?!...

2004/09/28

Weblogs no contexto I&D

A constante exploração do ambiente que nos rodeia, sobretudo para quem está ligado à investigação, não se pode desligar de uma actividade contínua de monitorização de diversas fontes. Só sabendo o que existe é possivel inovar e contribuir para novas reflexões. Os blogs, enquanto espaços de discurso individual, são uma dessas fontes. Ver What is Future Now?:

"(...) hidden in the daily flow of information coming from newspapers, magazines, scientific journals, conferences, books and blogs, are articles that can be read as signals from the future, signs of what the future could be like."

Ao registar num blog as pistas dessa monitorização, de acordo com a nossa área de investigação (ou de interesse), passamos a fazer parte dessa rede interligada, a que vamos dando sentido à medida que a tecemos.

E porque é que um instituto de I&D poderia estar interessado em instituir os blogs como ferramenta de trabalho dos seus colaboradores? Talvez porque esteja implícito ou explícito na sua própria missão, tal como na que transcrevo:

"(...) the Institute is a non-profit research institute, commited to communicating our research and thinking to the public at large. White papers are one way to do this; but it can also be useful to have a more modest but regular scan of the horizon.

Implicit in the Institute's mission is a mandate not just to release findings, but to share something of its way of thinking, and to encourage others to think more regularly and systematically about the future."

Os blogs, pelas suas características, nomeadamente pela sua informalidade prestam-se a um tipo diferente de divulgação e de envolvimento da comunidade:

"Publications are often like buildings with the scaffolding removed: you see the finished object, but can't see how it was built. In contrast, the informality of blogs makes them a great venue for authors to share works in progress, or to think out loud.

The informality of blogs also means that they can serve as a cross between research notebooks and venues for testing ideas."

2004/09/27

Weblogs enquanto vozes da Organização

Este artigo merecia mais comentários, mas as passagens assinaladas dão corpo ao que tenho andado a ruminar ;-) É engraçado como cada um de nós terá tantas histórias para elucidar o segundo parágrafo...

"The weblog became the place where employees shared knowledge, jointly created a shared context for their work, and through which they defined their company." (p. 58)

"In many companies, workers are reluctant to share what they know because they feel their bosses might hijack this knowledge and present it as their own. (..) With weblogs, it is made clear which employee is responsible for contributing which piece of knowledge, so credit and acknowledgement are given where appropriate." (p. 63)

"The revolution will not come overnight. In fact, I believe it will not come at all. The transition will be as silent as email, mobile telephony and instant messaging. But it is poised to be similarly disruptive." (p.81)

2004/09/25

A propósito de inovação... ou talvez I&D

conversations in real time fueling all kinds of knowledge in the blogging world:
"Having conversations in real time by sharing information is fueling the birth
of all kinds of knowledge in the blogging world. "
Blogging search and discovery" ou a Big List of Blog Search Engines.

2004/09/23

BlogWalk visto à distância

No rescaldo de mais um BlogWalk (dedicado ao tema: Social Software in Organisations - Inside the Firewall), a que não consegui ir, apanho alguns dos pedaços:
"(154)... Equally important threads revolved around value and productivity: How will managers react to people spending time blogging?(...)"

"The overwhelming majority of issues discussed on the day were around people, interactions, emotions and the psychology of blogging in business (...) many of these issues are those that relate to any organisational change. However I think it would be dangerous to think that there are no technology challenges left at all. [...]"

"In discussion about the barriers to introducing blogs and similar tools, there was some amazement that senior management could possible fail to see the benefit of such powerful collaborative tools. [...]"
Ver ainda: "When will corporate blogging be recognised as a desirable skill? e o agregador de entradas em Channel 'blogwalk' . Porque é que aqui coloquei isto? Já expliquei aqui.

A propósito da Taxonomia de Bloom (1956)...

É curioso percorrer as diversas categorias propostas na Taxonomia de Bloom (1956), pensando na prática de manutenção de um blog e relacionando-a com os processos de aprendizagem.

2004/09/20

RIAT Destino Digital

Amanhã tem lugar em Setúbal o último seminário de lançamento do projecto RIAT Destino Digital, uma Rede de Informação e Assistência Técnica para PME do Turismo:

"Através de acções de informação e sensibilização em todo o País (incluindo Açores e Madeira), da selecção de um amostra de empresas e da aplicação de um pré-diagnóstico a esse conjunto de empresas, o resultado final e com maior impacto será o de erguer planos de acção individualizados, para essas empresas, que permitam extrair o seu potencial de desenvolvimento através de uma adequada endogenização das TICS para capturar as oportunidades providenciadas pela economia digital [continuar a ler...]"

[mais aqui, aqui e aqui]

2004/09/19

Encorajar colaboradores a manterem Blogs

Esta entrada não precisa de comentários. Sun Microsystems Blogs:

"Sun encourages its employees to contribute to blogs (weblogs). The individuals who post here work at Sun Microsystems. The opinions expressed here are their own, are not necessarily reviewed in advance by anyone but the individual authors, and neither Sun nor any other party necessarily agrees with them." [via Alex Halavais]

2004/09/14

Revistas em acesso livre na SAGE Resources open until Oct 31

A propósito desta dica do António Granado ("A EDITORA Sage tornou a abrir o acesso gratuito às suas revistas científicas..."), seria interessante perceber até que ponto é que uma campanha, aparentemente destinada a cativar novos utilizadores no início de mais um ano académico, não poderá ser uma forma de avaliar o impacto das publicaçõeses em regime de acesso livre versus pago. O Fernando reuniu numa só entrada algumas considerações sobre a propriedade intelectual onde menciona um artigo que vale a pena ler: Librarians, Research Scientists, Publishers, and the Control of Scientific Publishing de Jean-Claude Guédon). No quarto da tralha a Filipa vai continuando a recolher apontadores para o Movimento Open Source e claro, diversas publicações e revistas de acesso livre.

2004/09/12

Weblogs as personal refining filters

Since the beginning of B2OB I’ve been looking for barriers and opportunities for the use of weblogs (blogs) in organizational environments, contexts. My mainly focus as been looking to blogs as tools.

As my own experience of maintaining a blog grew (along with other blogs in a collaborative effort, and talks about them in different contexts), I’ve came to see blogs as empowering people on their quest (their need) of continuous learning. In that sense blogs offer us the opportunity of refining our own lenses to filter all the information we came across according to our different expertise area of interests. But further, by allowing the «attraction» of more information just by «knitting the blog».

Puzzled? For someone who already maintains a blog, the answer is obvious after a certain period of time: by expliciting some of our thoughts (through posts) and relating them with other pieces of information (through links) we had semantic value, all according to our interests, that latter became indexed by search engines (like google) becoming part of the digital information ecosystem, being built everyday in the internet. The greatest part is being able to be found and engage in conversations that once where only possible according to our geographic mobility. In that sense we come to cross borders, scanning a richer and wider environment and filtering the information in manageable chunks that became part of our daily learning experience.

What does this have to do with blogging in Organizations? Everything! If you do not foster an environment for the adoption of blogging in the organizational context, your employees will be blogging somewhere else.

Remember how difficult it is to maintain a portal (either intranet and/or internet) updated? One of the main difficulties was «translating» useful information into digital arranged bits according to no one satisfaction (the beauties of living in democracies or was it technocracies).

That might not be the problem anymore if you come to meet, some of your employees labeled bloggers. For them is the normal way of working (remember when you first had e-mailers in your organization?). Like searching for experts on journals, in conferences, on the corridors, on the library, at a meeting, they also connect much further on their normal daily routines inside organizations – discussing with pears, making questions to experts, commenting on others works, making connection to useful resources (the open source movement has got a lot more than software), finding new solutions for old and new problems, but with a difference: they leave their traces so one can follow (or engage) with what they are doing.

It’s been a wonderful more than a year experience. To account for all the learning that occurred during this time would have been difficult, but gladly all is blogged in here for that purpose. All the people whose work I connected, all the conversations that took place, all the bits and the resources that allowed me to start this journey on understanding the value of weblogs in organizational contexts go much further that the once start up point of blogs as tools. They are much more than that. They are personal refining filters that connect us with the social fabric being built at a larger scale around information artefact's previously uncontexted.

In case you haven’t notice, this is my silly way of thanking all of you, part of my window to the world, for this last year’s learning. This is the real blended learning ;-)

2004/08/30

What's going on??? Is anyone seeing the same happen?

I just notice that some of the pages i read are having «strange» links that all direct in the same way: http://searchmiracle.com/text/search.php?[+WORD]. The strangest part was finding out, that without having put my self those links in my HTML they are in there. How is this possible???... Anyone having the same problems?...

2004/08/22

Já não me lembrava...

Estava a fazer umas consultas aos meus registos e encontrei esta entrada:

"Até agora os passos que segui foram bastante simples: a) digitei "blogs" no Google e segui um dos primeiros links que me apareceu e vim dar a blogger.com, b) após um breve scanning da informação na primeira página seleccionei a opção "start now" no topo da página, c) apareceu um ecran para eu fazer o meu registo, d) foi criado o espaço para o meu blog onde seleccionei "add my first blog" e... e) aqui estou eu." [in Barreiras Organizacionais ao Weblog]

Pode não parecer, mas foi este blog que deu origem ao B2OB. Acho que me deveria sentir envergonhada mas a verdade é que através dele posso constatar as mudanças que ocorreram e as diversas utilizações que depois se seguiram...

De volta após umas looongas férias

Depois de umas longas férias, retomo as leituras deste espaço. Pelo meio algumas leituras em formato portátil, daquelas que folheamos num qualquer local sem termos o tempo determinado pela duração da bateria do computador ou o preço das ligação à internet ;-)

As consultas durante as férias ficaram reduzidas a três deslocações à Biblioteca/Mediateca do Centro Cultural de Vila do Bispo (frente ao edifício da camara) onde têm feito um excelente trabalho para a população local (e para quem por lá quer passar), onde se inclui o acesso à internet. Uma hora por pessoa, acesso banda larga, sem custos... por enquanto. É recomendada marcação prévia - telefone 282630300 - para garantir disponibilidade.

Estas questões de acessos em viagem, lembram-me que seria útil ter um mapa em que estivessem assinalados os locais para consulta internet em Portugal (ADSL, Wi-Fi, etc)... tal como o que serviu os participantes do BlogTalk em Vienna.

2004/07/23

A Personal Information and Knowledge Infrastructure Integrator

K. Andrew Edmonds, James Blustein and Don Turnbull (2004). A Personal Information and Knowledge Infrastructure Integrator. Journal of Digital Information, Volume 5 (1), Article No. 243.

"The Next Big Thing is being grown organically, cultivated by software developers and pruned by personal Weblog publishers. The rising Weblogging space of the Internet is looking more like traditional hypertext than the Web of the 1990s. The ways in which Weblogging has evolved beyond the previous limitations of the Web as hypertext, and the ways Weblogging is evolving towards common-use hypertext destined to play a critical role in everyday life, will be explored." [continue reading...]

2004/07/21

Promover a literacia através de Weblogs

David Huffaker, D. (2004). The educated blogger: Using weblogs to promote literacy in the classroom. in First Monday, volume 9, number 6 (June 2004):

"This paper explores the importance of literacy and storytelling in learning, and then juxtaposes these concepts with the features of blogs. The paper also reviews examples of blogs in practice."

2004/07/20

Blogs: uma Ágora na Net

Rodrigues, C. (2004?). Blogs: uma Ágora na Net. Universidade da Beira Interior (UBI):

"O presente trabalho irá centrar-se unicamente na análise de blogs portugueses. Tentaremos perceber se será possível aplicar o conceito de esfera pública defendida por Habermas aos blogs actuais?"

Poderá ser interessante relacionar este trabalho com o trabalho desenvolvido com Elmine Wijnia [this work focus: aproach is on portuguese blogs trying to establish if the concept argued by Habermas aplies to blogs. The autor defendes it can... but much work as to be done.]

PS [2006/Ago/22] - Resolvi juntar a esta mensagem a indicação de que a Catarina Rodrigues já defendeu a sua tese em Julho de 2006, na UBI. Ver notícia aqui. Fiquei com curiosidade de saber se ela teria visto a mensagem que aqui coloquei em 2004 com a indicação do trabalho da Elmine... enfim, pode ser que um dia saiba a resposta e que os parabéns sejam encontrados ;-)

e-readiness rankings

The 2004 e-readiness rankings: white paper do Economist Intelligence Unit com a cooperação da IBM, Institute for Business Value. Para acesso ao relatório do ano anterior (2003), ver aqui.

2004/07/17

Sharing with Weblog-based Personal Publishing

"The paper introduces weblogs as personal publishing tools for knowledge workers and shows how personal publishing supports knowledg work processes, is personally beneficial to the knowledge worker and helps the dissemination of knowledge through an organisation."

2004/07/16

O que começou por ser um suplemento editorial...

[lembram-se desta entrada?]... passou agora a ter vida própria em Ponto Triplo:

"Começa hoje este blog dedicado aos melhores sites de Química. Este Ponto Triplo vai continuar o que foi iniciado com Links Recomendados: O Blog. Irei apresentando links para os melhores sites de Química (...)"

2004/07/14

Soluções de suporte ao conhecimento e processos de trabalho (2)

Na sequência de uma entrada do ano passado [primeiro contacto com este projecto em Outubro de 2003 - Soluções de suporte ao conhecimento e processos de trabalho], a Lilia descreve com mais detalhe o projecto MILK (Multimedia Interactions for Learning and Knowing), depois de ter estado no MILK Forum, em Milão, no passado dia 9 de Julho. De facto, não há substituto para o contacto directo com os objectos ;-)

2004/07/12

Information Management vs Knowledge Management

Continuing on the tread initiated by Martin (see Where is Tom [Wilson]?...), now the focus is on the discussion of IM vs KM and building up. Lateste comments by Tom Collins There's No Such Thing As ... Knowledge Management?:

"But KM is concerned with more than just the life cycle of information. It is concerned with the life cycle of knowledge. This includes both the artifacts or representations of knowledge (which might have that fleeting life cycle, after which they become information) and the processes by which knowledge is acquired, created, and conveyed (which are not necessarily so brief). brief). "

Estrutura Social e Formação de Opiniões [paper HP, Palo Alto]

Fang Wu e Bernardo A. Huberman (2004, Julho) . Social Structure and Opinion Formation. HP Laboratories, Palo Alto, CA 94304 [via Many2Many, by Ross Mayfield].

"(...) coexistence of opinions within a social network is in agreement with the often observed locality effect, in which an opinion or a fad is localized to given groups without infecting the whole society. We verified these predictions, as well as those concerning the fragility of opinions and the importance of highly connected individuals in opinion formation (...)"

2004/07/11

Ferramentas sociais e weblogs

Mais tarde editarei esta entrada, mas por agora deixo apenas parte do original, que toca numa questão importante "libertar o potencial creativo de constelações flexíveis de comunidades"

Blog of Collective Intelligence: What is social about "social tools"?: "add the technological innovation of weblogs will discover its full power in the enterprise when associated with the social innovation of communities of practice. Why? When we free the creative potential of flexible constellations of communities of interest and practice, it will boost their members’ identity, mutual care and professional pride. The emerging generation of social tools can be optimized for powering up that process. When that happens, blogs graduate from personal publishing tool and become a potent enabler of collective intelligence."

2004/07/08

Personal view of Blogging...

I like this simple way of putting it... by Piers Young:

"Blogging, it seems to me, is a way for people to help themselves make sense of something, to clarify the way in which they view one or more topics. They are personal. Focused on collaboration perhaps, but personal views of how the world makes sense."

Although, for me, I would substitute 'personal views' by 'multiple personal views'.

CSCL2005 - Computer Supported Collaborative Learning

Call for papers due in 15 November 2004 [more information from CSCL2005].

2004/07/06

BlogTalk, Weblogs and Knowledge

All about sharing. The second BlogTalk (in Vienna) i wasn't abble go. But this year things look better, cause i know where to «look for information» that's being shared and agregated (topic exchange), happening here and now (well almost, that's why they are asynchronous ;-), during this last 2 days.

This is not because i'm more technical aware, but because i've came to read Lilia's, Martin's, JJ's, Fernando's weblogs, and many others that are part of their ecosystem, during this past year, and they are present at BlogTalk.
In their spaces one is abble to follow some of their readings of the event. Sure they are not my «looking glasses» but they convey reflections, notes and questions, that relate to what i'm learning...
Yes, it's all about sharing those, once private notes, that became public (wiki BlogTalkViennaNotes, from Joi Ito, a collaborative effort to notedown the presentations at BlogTalk 2.0). Maybe you don't know, but this means a lot for someone that was not abble to be there. Thank you :-)

2004/07/02

Into the Blogosphere - Ensaios sobre a blogosfera

Into the Blogosphere: Rhetoric, Community, and Culture of Weblogs. - "This online, edited collection explores discursive, visual, social, and other communicative features of weblogs. Essays analyze and critique situated cases and examples drawn from weblogs and weblog communities. Such a project requires a multidisciplinary approach, and contributions represent perspectives from Rhetoric, Communication, Sociology, Cultural Studies, Linguistics, and Education, among others." [via Many 2 Many]

2004/07/01

Onde está o Vitorino?...

...boa altura para fazer o registo na comunidade do KnowledgeBoard e dinamizar a discussão ;-)

"However very few projects address the area of social complexity, which we contend in this study has high potential for European specific Knowledge Management. This is surprising bearing in mind the objectives of the KMME initiative were to focus on the concept of complexity a holistic approach to Knowledge Management. The subject of complexity is not widely recognised within the KnowledgeBoard community (only several references made on the Web site)." in Business Knowledge Management: A study on market prospects, business needs and technological trends (2004), p.147

2004/06/30

Finalmente! Enviar um «ping» ou fazer «Trackback»

Esta funcionalidade não é suportada pelo Blogger e já andava há algum tempo para a descobrir (o que deve ser óbvio para muitas pessoas ;-)... Lá criei mais um registo e segui as instruções para o dito «ping» que consiste em avisar alguém (um blog/entrada) a que se fez referência. Deixo o que acabei por escolher embora a oferta seja vasta - HaloScan.com Forums: How To Use Trackback, Sending a trackback 'ping'

Perceber as mais valias do RSS, não só para os Blogs...

... mas também para páginas organizacionais [via Martin Röll]:

RSS:: "there's a tremendous bonus possible by syndicating through RSS because power-bloggers are likely to be RSS subscribers. It's an incredible word-of-mouth network."

Estudo da UE - Business Knowledge Management

Texto completo deste estudo aqui.

Business Knowledge Management: "A study on the market prospects, business needs and technological trends (June 2004)"
Conclusões do trabalho apontam para
"holistic view on how humans behave in relation to what they know and how the power of knowledge can be effectively harnessed through a combination of social and human-centred approaches and advanced technology";
"a European school is forming which is particularly active at the interface of artificial intelligence and human centred computing – called social complexity in KM";
e
"Research in how KM can support rapid organic growth or growth through acquisitions could become a key element in the quest for sustainable growth"

2004/06/27

Abordagens ao estudo dos blogs

Estas questões têm sido colocadas por pessoas em diversas situações mas começam a ser motivo aprofundada reflexão à medida que os estudos sobre weblogs vão surgindo. Olhar os blogs enquanto canal adicional de informação (medium) não é o mesmo que olhar enquanto ferramenta de trabalho. «Olhar» significa neste caso o tipo de abordagem que se pretende fazer sobre determinado objecto de estudo ou de reflexão. Liz Lawley avança com cinco tipos de abordagens que lhe ocorrem - Blog Research Issues:

1) "O estudo da forma em si mesma. Isto inclui abordagens pela definição e descrição" (metalinguagem)
2) "Estudo das interacções entre blogs e autores de blogs e clusters (ou comunidades) que se estão a formar neste contexto." (interacções)
3) "Estudo etnográfico (...) realizado não no sentido "da blogosfera" (se é que existe semelhante coisa) enquanto um todo, mas em clusters e comunidades que são possíveis de identificar." (etnográfico)
4) "Análise de conteúdo e estilo utilizado nos weblogs." (conteúdo)
5) "Estudo da utilização dos weblogs enquanto ferramentas em contextos organizacionais" específicos." (ferramenta)

2004/06/26

Weblogs making the case to «KM»?

Breve apontamento para explorar [reacção que tive quando estava a ler o relatório da OCLC:
"Rather than “connect” or be “connected,” people will “context” or be “contexted.” ver mais... Semantic Blogging : Spreading the semantic Web Meme: "Semantic blogging builds upon the success and clear network value of blogging by adding additional semantic structure to items shared over the blog channels."

2004/06/25

Where is Tom?...

There's a discussion going on about Knowledge Management -> Personal Knowledge Management. I think you wouldn't want to miss it.

"While it is sad that 'Knowledge Management' as a term has been completely devalued (as pointed out beautifully by T.D. Wilson in 'The Nonsense of Knowledge Management'), inventing a new term would probably cause more problems than benefits." by Martin Röll [read the whole thing in Knowledge Management does not exist. Personal Knowledge Management does. and join the conversation]
(posted also in Information Research Weblog)

2004/06/23

Conhecer as ferramentas para saber tirar partido delas

Uma das estratégias que utilizo quando necessito, rapidamente (menos de 10 minutos), situar um assunto, uma palavra, um conceito, é recorrer a uma das opções de pesquisa disponibilizada pelo Google (define:[QUALQUERCOISA]) na caixa de pesquisa.
Por exemplo, o artigo

An Introduction to Information Architecture: "If you're working on an existing Website, you are probably saddled with an overgrown beast that neither you nor your customers can make much sense of."

é pouco esclarecedor para o título que tem e não me situa o conceito, além de não me fornecer uma perspectiva mais alargada sobre outros olhares. Utizando então a funcionalidade «define» para Information Architecture, obtenho isto, o que me permite (sensivelmente no mesmo período de tempo gasto para ler um só artigo de opinião) rentabilizar o meu tempo e obter uma visão mais alargada sobre o conceito.
Outras estratégias?...

2004/06/20

Barreiras à participação em Conferências e Weblogs

Alex Halavais traça elementos de complementariedade entre Conferências e Weblogs. Uma das questões que me despertou a atenção prende-se com a criação de redes sociais.

A participação em conferências permite que os indíviduos exponham as suas ideias, para um alvo determinado, alargando conversas e discussões que enriquecem o seu trabalho e criando pontes com outros trabalhos que estão a decorrer, ao mesmo tempo que se inteiram do estado da arte, muitas vezes, na primeira pessoa.

Conferences and Weblogs: "It is this latter function that, in my opinion, the academic conference serves. Certainly, it is an opportunity to present current findings, but with the pace of research, it is entirely likely that what is presented is already far along by the time conference attendees see it. Journals and informal exchanges serve to keep folks abreast of information. The primary role of the conference is as an opportunity to establish colleagues, partners, acquaintances, and friends. Delivering papers is largely a function of providing public introductions, both to the research and the researchers."

Os Weblogs permitem estabelecer pontes com outros trabalhos, narrados na primeira pessoa, com acesso, em cada vez mais casos, aos artigos antes de serem publicados em revistas da especialidade, para além do acesso à rede de relações que os autores dos blogs disponibilizam.

Conferences and Weblogs: "I think that weblogs can play an important role here as a tool that does not replace physical conferences, but allows for both an alternative route to these ends, and an enhancement to such experiences. I think blogs could be particularly good at providing a way to keep people updated between major conferences, and as a way of making conferences better, by providing some of the preparatory support (introductions) that would make the time together better spent."

Mas, mais importante ainda, no caso de quem aspira à carreira de investigação sem qualquer tipo de apoio financeiro (que permita suportar os custos implícitos para poder participar em conferências), a oportunidade de não perder o que está a ser feito (estado da arte) na sua área de investigação, evitando assim o «re-inventar da roda».

2004/06/19

Blogging no curriculum vitae?...

... aqui por Portugal, seria interessante saber quantas pessoas usam o Blog como ferramenta de trabalho dentro das organizações?

Heather's "Marketing at Microsoft" Blog: "I know many of us are blogging as part of our jobs. But what will it take for blogging is recognized as a skill in and of itself? How long before you see «blogging» as an experience or skill requirement in a job description?"

Weblogs no sistema de informação organizacional

Estava a ler os comentários de Martin Dugage sobre os slides de uma apresentação de Michael Angeles (conferência Computers in Libraries 2004, Washington D.C.) e encontrei mais uma abordagem à integração de weblogs a nível organizacional, via bibliotecas: Supporting enterprise knowledge management with weblogs: A weblog services roadmap:

"My talk proposed a roadmap for providing weblog-related information services and suggested approaches for dealing with the problem of making weblog output of use to the organization. The idea is that the library can position itself to support individuals and communities of practice that express the need to use grass-roots tools for knowledge capture and dissemination such as weblogs and wikis. I talked briefly about the benefits of using weblogs for individual knowledge creation as opposed to using larger KM solutions selected from the top down, and the implications for IT of an information ecology with a diverse set of people using different technologies for publishing data in a distributed manner all over the intranet. In the near term I suggested first steps towards supporting knowledge creation with RSS. I suggested methods for providing access to aggregated blog output as next steps. And as a far off goal, I discussed the integration of output from sources such as blogs with other enterprise information using social software and social network analysis."

Dado que a preocupação das bibliotecas é a divulgação de recursos de informação, e sendo os Weblogs mais um medium onde esta se encontra disponível, as questões que se colocam são da mesma natureza que as encontradas para outros suportes de natureza digital [ver questões que se colocam com a gestão de colecções e preservação de metadados].
Quando falamos da adequação da informação será necessário ter em conta a política de gestão de colecções existente, dado que esta contém as respostas ao interesses das comunidades que serve. Fica mais um exemplo de uma biblioteca que já incorpora Weblogs na sua colecção: Information Architecture Library

2004/06/18

Arquivos d'a formiga de langton

Em conversa com um amigo, a propósito do trabalho de Castells, recebi umas excelentes pistas para trabalhos. Uma delas aqui tão perto (José Fernando Mendes)... é curioso, apesar de sermos poucos em Portugal, foi preciso criar o Blog para que os links se estabelecessem. Fica uma entrada d'a formiga de langton que faz referência a alguns desses trabalhos (há cerca de um ano atrás!)...

Redes Sociais, 'Small Worlds' + Blogs = ?!!: "Aliado dessa nova área de força e fascínio em ciência, conheçida por "Small Worlds", do qual tive o primeiro contacto através do impressionante livro de Duncan Watts, na minha curta visita de uma semana ao Santa Fe Institute em 2000, o JJ (Juan J. Merelo) com quem trabalho regularmente, escreveu o apetitoso artigo "Vivemos nós num pequeno Mundo?", apresentado recentemente na BlogTalk'03 - Conf. Europeia de Blogs - deste ano. Nele, faz-se a caracterização da Blogo-esfera Espanhola (que raio de nome este, "Esfera", para a comunidade blog, que nunca entendi. Que raio tem esta geometria perfeita a ver com a rede social quase fractal que está a crescer pelas nossas mãos ?!). Mas enfim, o artigo é notável pela sua pertinência actual, sobretudo tendo em conta as ditas "Small Worlds". Existem contudo boas noticias para Portugal. Tendo em conta os nossos 900 blogs, ou perto de mil no momento, e os nossos 10 milhões de habitantes, não estamos mal. Espanha conta com número muito similar, segundo o artigo, e a população é sensivelmente 4 vezes maior. Mas, não sei de facto o que se passa ao nível das agregações sociais na comunidade blog PT. Teriamos, à semelhança de JJ, que o ver pela lupa das "Small Worlds". E por falar nelas, aqui segue a referência de um outro livro notável na senda dos "pequenos Mundos", de seu titulo "Evolution of Networks - From Biological Nets to the Internet and WWW", bastante recente e de um nosso compatriota. Quanto a análises de outras comunidades Blog, de notar os trabalhos de Maria Milonas (Polónia) e Hossein Perakhsahn (Irão) na mesma BlogTalk´03."

2004/06/16

People's links as windows of the world

Because of the idea of (semi)automation on adding more people's links to the blogroll, using Blogrolling, I've came to double my efforts since I've got no response to the Help i've sent them. In the mean time, back to «template» to add all those precious links that make up one of my windows to the world. Snif :(
I've just realized how fragile "Weblog networks as social ecosystems" can be when facing a technical problem - suddendly, our blog-memories disapear, our ecosystem volatilizes...

Integração de Weblogs noutros contextos - KB case

A apresentação do Martin Röll (ver MindMap), embora não a mesma que foi feita aqui, para quem se interessa pela integração dos Weblogs noutros contextos, está disponível no KnowledgeBoard.
As questões de integração que levanta são úteis e transversais a diversos contextos e poderão constituir um bom ponto de partida para quem queira tirar partido de mais uma ferramenta de comunicação mediada por computador (CMC).

"People use Weblogs for personal journalling. They collect thoughts and links and reflect. They publish to a personal audience and enter in discussions with their readers and other webloggers. Discussion with others works in different ways: Comments (very much like comments on KnowledgeBoard), E-Mail or Posts on other Weblogs. What is important is to notice that Blogging is Writing and Reading. Bloggers use the "RSS"-Technology to be able to follow many different sources."

[continuar a ler e contribuir para a discussão aqui]

Comunidades de Prática - Projecto de Gestão do Conhecimento

O projecto Knetpt - Gestão do Conhecimento, entrou na minha caixa do correio há algum tempo, mas perdeu-se no barulho das mensagens que recebo.
O projecto, que estará no ar até Setembro de 2004, versa essencialmente nas comunidades de prática (CoPs), embora também pretenda (a avaliar pelo MindMap), introduzir os conceitos de Gestão do Conhecimento, os espaços de aprendizagem e a utilização de instrumentos colaborativos.
Fiz o meu registo e percorri as várias secções (algumas ainda sem conteúdos). Talvez seja/tivesse sido interessante divulgar este projecto (Português) na comunidade mais alargada do KnowledgeBoard. O output do projecto será um livro.

Weblogs e a Gestão do Conhecimento

Um dos melhores recursos que conheço em que se contextualiza o papel dos Blogs para a Gestão do Conhecimento: KmBlogger de Denham Grey. Desde o mapeamento de Personal KM bloggers, Community KM blogs, The essence, Where do blogs fit, Blogging for knowledge, entre outros, e que trazem diversos materiais para reflexão e aplicação no contexto organizacional:

"Where do blogs fit? The focus is on personal publishing, reflection and development of identity. There is little attention to feedback, reciprocity or dialog in the genre, although an informal community of bloggers has emerged with ''blogrolling, RSS, trackback and content aggregation, cross reading and posting (blog rings), there are blogger portals and blog specific search engines (Technorati)."

Um bom ponto de partida para quem pretende integrar os Weblogs enquanto ferramenta no sistema organizacional.

2004/06/15

Blogs - Another reader's survey

Ao ler os dados é bom ter presente a forma como foram recolhidos [via ContraFactos&Argumentos]

"In what may be the first survey of blog readers as an emerging demographic, Blogads asked 17,159 blog site visitors about their age, income, media consumption, online spending habits, and political affiliations during a two-day period in May. It turns out that 61 percent of blog readers who participated in the survey are over 30 years of age. Almost 30 percent are between the ages of 31 and 40, while over 37 percent span the ages of 41-60. And nearly 40 percent have a household income of $90K and above."
Blogads: reader survey for blog advertising.:
"To be clear, the survey's responses are a fragment of a sample of a subset. There are millions of bloggers. On Monday morning, I e-mailed roughly 50 of them -- some of the biggest bloggers, many of whom focus on politics and/or sell blogads -- suggesting they link to they survey. I explained that the survey would 'boost both public appreciation of blogging AND your revenues.' Some of the bloggers I wrote to (and some I didn't) linked to the survey; some of their readers clicked; some were offended by questions written mostly for Americans; some aspiring respondents were unable to complete Surveymonkey's sometimes buggy forms. So wield a salt shaker as you munch on this data."

2004/06/08

Recursos - Psicologia

Information Research Weblog: "A good portal to resources in psychology can be found at the Psychology World Wide Web Virtual Library." [via Tom Wilson]

Blogs - esferas de partilha e aprendizagem

Final do dia... tempo para recuperar algumas leituras dos que já se vão tornando vizinhos nesta outra esfera. Gosto da metáfora da Lilia nestes novos espaços que habitamos:

"For me the closest metaphor is a city, a shared living space. Usually we don't know many others in our neighbourhood, but we walk on the same streets every day, see the same familiar strangers, get wet under the same rain, miss the same bus... We have a lot of context to share and meeting each other abroad we will connect easily. Living in a same city creates a sense of belonging and a sense of community..." [ler a entrada completa]
Ao virar a «esquina» é como se encontrasse o Ton Zylstra sentado num café com um livro na mão, dizendo-me
"Johnson uses several examples throughout his book, the neurons in our head, the way ant colonies go about their work, and how cities develop. These are complex systems that develop interesting behavioural patterns."
O Vitorino Ramos, que acabava de chegar, falaria do projecto ARTSBOT que apresentou a semana passada, em Bragança, sobre
"seu desenvolvimento e enquadramento em Inteligência de Enxame e Vida Artificial, as possibilidades para o futuro dado o design propositadamente aberto do seu sistema colectivo de 12 robots,possibilitando entre outras coisas, computação evolutiva e Auto-organização." [ver mais sobre o evento hoje na RTP2, às 23:30, ou amanhã, no mesmo canal, às 17:00]
Juntar-se-ia o Martin Röll e retomariamos a conversa da apresentação sobre a implementação dos Weblogs a nível organizacional, que tivémos a passada semana, aqui em Lisboa, por ocasião da reunião dos editores do KnowledgeBoard, juntamente com o Martin Dugage confrontando Blogs com as Comunidades de Prática, criadas em espaços colaborativos organizacionais.
Acho que já há muito tempo que estes espaços, sejam apelidados de virtuais ou, mais recentemente, e por causa dos Blogs, de blogosfera, coabitam com o nosso quotidiano. São outros palcos, no sentido que Erving Goffman nos falou, mas não deixam de fazer parte da nossa esfera, dos locais em que aprendemos, em que discutimos, em que construímos através de uma geografia mais alargada, a tal Sociedade em Rede que Castells nos explica.

Weblogs e Habermas - recursos e reflexões sobre este medium

A Elmine Wijnia está a recolher artigos sobre Weblogging aqui.

"This is a collection of articles I've found on the internet concerning weblogs and Habermas. This list can serve as a kickstart in reading about weblogs and blogging for anyone who is interested this topic. I'm well aware that this list is not exhaustive. If you know of any articles about weblogging that are not mentioned in this list and well wurth reading, please contact me and I'll add the article to this list."

O trabalho que está a fazer tem como ponto de partida o trabalho de Habermas. No seu Blog - Communigations - coloca notas e reflexões sobre comunicação e filosofia.

2004/06/07

Weblogs no contexto organizacional - redes de interesses

A identificação de redes de partilha parece-me estar relacionada com vários factores. Entre eles parece-me pertinente a existência de uma cultura organizacional que promova a partilha (pré-condição do meio ambiente) e, ao nível individual, reconhecimento que a partilha é essencial para progredir. Conversations with Dina:

"In an organization blogs (...) become open spaces where people can create their own path. Discussions emerge and the lines wear deeper into the solid ground, creating meaningful relationships built on common interests."

2004/06/06

Help!

Untill last week the blogroll was working just fine. Now all the items on my blogroll account simply do not display. Could someone please advise me what to do? [I already sent a message to blogrolling.com]

2004/06/04

"Conhecer para Agir" (2)

Foi muito estimulante o lançamento da Zona Portuguesa de KM no KnowledgeBoard, «Conhecer para Agir» (INETI, 2 de Junho), não só pelas apresentações que tiveram lugar por representantes do KnowledgeBoard mas, acima de tudo, por todos os que estiveram presentes, que deram corpo às várias facetas existentes nas abordagens à Gestão do Conhecimento. Para quem não conseguiu estar presente, fica um pequeno apanhado.

Anne Jubert fez a apresentação do KnowledgeBoard, missão e visão, e falou nas novas funcionalidades que a plataforma irá ter até ao final do ano. Innovations Engines for Knowledge Cities foi apresentada por Ron Dvir relacionando a arquitectura das cidades com os espaços propícios à interacção, potenciadores de conhecimento. Para último ficou a apresentação de Martin Röll introduzindo um tema inovador (Weblogs no Contexto Organizacional - colocar assim que for disponibilizada) com as potencialidades que esta ferramenta pode acrescentar às existentes no actual panorama e que despertou o interesse da audiência, visível através das diversas questões que foram colocadas.

Uma audiência diversificada onde se encontravam representantes da comunidade de investigação pertencentes a Universidades e Laboratórios de Investigação, o fundador da Associação Portuguesa de Gestão do Conhecimento (APGC), autores de livros que abordam a gestão do conhecimento e áreas relacionadas, várias empresas de prestação de serviços (formação, consultoria, TIC) e pessoas que estão a desenvolver estudos sobre a temática (projectos em curso e PhD). Este leque inicial de pessoas, algumas delas já inscritas no KnowledgeBoard, evidenciou as diferentes abordagem e interesses que a Gestão do Conhecimento tem em Portugal, juntando-se assim a uma comunidade mais vasta Europeia e que tem vindo a atrair pessoas de todo o mundo.

O que se está já a discutir neste novo espaço?

2004/05/26

Blogs: mais uma ferramenta ao dispôr das Organizações

Esta passagem do Guardian Unlimited, ilustra como se pode tirar partido do que muitos olham como ameaça

Inside track: "There are many advantages if companies treat blogging as a useful tool. Employee blogs are a chance for companies and customers to have informal dialogues and build relationships. (...) Blogs are also a great place for damage limitation, brand building and marketing. The experts on a product are usually the people who develop it, and blogs are one way they can share their expertise."

[via Tom Wilson, Information Research Weblog]

2004/05/25

World's largest database of abstracts and cited references enters final testing

Scopus to challenge Web of Science?

"Elsevier is developing a bibliographic database called Scopus, which several industry observers believe will compete with ISI's Web of Science for library dollars. At the heart of Scopus is the world's largest abstracts database of over 12,900 journal titles from 4,000 publishers providing access to over 25 million abstracts going back to 1966 and 5 years of reference back years, building up to 10 years by 2005." [via António Granado, PhDweblogs]


Weblogs de projecto - utilização interna - caso

(Chad Dickerson, InfoWorld) Blogging behind the firewall: InfoWorld’s internal Weblog started as an experiment. Already, it’s indispensable: "Posting this plan on a Weblog made three key things happen. First, it forced the team to strategically organize its IT initiatives into a coherent roadmap fit for broader internal consumption. Next, it created a sense of accountability for these initiatives within the IT team because we had collectively agreed on the initiatives and documented the process. Finally, posting our plan for the entire company to see helped foster a sense of accountability to our non-IT colleagues within the company."

[via Lee LeFever]

2004/05/23

Weblogs e Comunidades de Prática (2)

For once, Bloggers/Individuals keep me inform of new developments, happening here and now.
I don’t see blogs as «versus», I see them as complementing - creating many opportunities for organizations that are made of individuals that have a plethora of interests and are able to scan their environment according to their own knowledge.
As for what Blogs and Bloggers are being scrutinized for it always reminds me of something that happened some years ago when e-mail, in the organization I was working for (and in plenty of others), was considered bizarre.
Today, when asked, everyone will say that they’ve «always» used e-mail. What I’m learning from all of this? That people still have difficulty to deal with a world that is ever more rapidly changing thus being hard to accept evolving ideas, not to talk about innovation in the so called Knowledge Society. But also, that I don’t need to feel a freak anymore for believing that the Organization I work for can benefit with my embryo project, because I can relate to others work, practice, and doubts.
So I guess the people I’m relating while «doing» my Blog are becoming a CoP (Community of Practice) in their own sense, but a CoP that it’s part of other CoPs that overlap, and others that don’t. This is my reply to Lilia: Can blogging replace communities of practice?:

"the question about similarities vs. differences between weblog networks and forum-supported communities is one of the first you will get while talking about weblogs to KM practitioners"